Animais Fantásticos

Katherine e Alison falam sobre escalação para Animais Fantásticos e Onde Habitam e nova foto!

Escrito por Vinicius Ebenau

Em um relato de seu correspondente sobre a relação de Katherine Waterston e Alison Sudol, as intérpretes de Tina e Queenie Goldstein em Animais Fantásticos e Onde Habitam, o Pottermore divulgou uma foto do ensaio fotográfico das duas. Veja a imagem logo abaixo:

Alisson Sudol e Katherine Waterston caracterizadas como Queenie e Tina

A matéria conta um pouco sobre a escalação das atrizes. No dia em que houve o teste conjunto das duas, o ator Eddie Redmayne já havia sido escolhido para o papel de Newt. De acordo com o(a) autor(a), o diretor David Yates procurava uma química que simulasse a gentileza natural e inimitável que existe entre as irmãs.

Alison conta:

Fomos apresentadas assim: “Então, Katherine, esta é a Alison. Alison, esta é a Katherine. Por que vocês não se sentam no sofá e se tornam irmãs?”. Dissemos: “Está bem, então!”. Então me sentei e algo aconteceu: olhei para o rosto de Katherine e senti uma empatia incrível por ela. Nesta cena, ela (Tina) estava sofrendo e dava para ver isso. Comecei a brincar com seu cabelo e fazer tranças, e foi um momento muito emocionante para nós duas. Sabe quando você conhece uma pessoa e percebe na hora e diz: “Não nos conhecemos ainda, mas vamos nos conhecer. Onde você estava em toda minha vida?” Passamos muito tempo juntas depois daquele dia, mas não é necessário forçar uma conexão se ela acontece naturalmente.

Katherine se lembra do dia do sofá, mas tem um detalhe no evento sobre o qual Sudol não sabia até o momento:

A verdade é que vi Alison atuando em uma cena antes. Pude assistir a seu trabalho um pouco antes de fazermos o improviso, então eu já sabia que ela era uma boa atriz. Portanto, fui para a cena sabendo que estava com alguém que faria sua parte. Quando se está nervosa, em um teste, saber que você pode confiar no seu parceiro lhe dá a confiança que você não teria nessa situação. Acho que isso fez uma grande diferença. Não sei se seria capaz de me sentar e deixar rolar daquele jeito. Só de ver um pouquinho da interpretação, já pensei: “Oh, ela sabe o que está fazendo”. Fora que ela é muito doce; se sentir próxima a ela aconteceu naturalmente.

Waterston diz que tem uma irmã na vida real e isso deu todos os instrumentos para ela criar esse relacionamento com Alison no filme.

Passei toda a minha vida sabendo como é ser irmã. São estas as coisas que importam em uma atuação desse tipo: confiança e amor. Nós duas sentimos essa conexão no primeiro dia. Até porque tenho uma irmã. Sou uma irmã, então não foi difícil perceber isso. Às vezes eu e minha irmã descíamos vestindo a mesma roupa ou chamávamos nossa mãe na mesma hora. Há algo mágico em ser irmão de alguém, não acha?

O filme estreia 17 de novembro no Brasil.

collab_thiago

Colaboração de Renato Delgado & Thiago Vieira

Sobre o autor

Vinicius Ebenau

Vinicius, infelizmente, não consegue se descrever bem. Tem como um de seus maiores sonhos reler Prisioneiro de Azkaban em menos de seis meses, e reassistir o filme sem dormir perto do final.