Criança Amaldiçoada Harry Potter Warner Bros.

Warner Bros. registra domínio de Harry Potter and the Cursed Child

Escrito por Bruno Alves

O livro nem foi lançado, mas a Warner Bros. não perdeu tempo e já registrou o nome Harry Potter and the Cursed Child

Feita para os palcos e sendo vendida como a oitava história de “Harry Potter”, a peça de teatro se passa dezenove anos depois. O livro que conta com o roteiro de ensaio do espetáculo chega nas livrarias 31 de julho (garanta sua cópia clicando aqui) e a peça estreia oficialmente no dia 30 em Londres.

É necessário deixar claro que isso não significa que teremos um filme! O estúdio não confirmou e nem entrou em detalhes. Registrar um domínio significa manter a proteção do título contra plágios, além de o estúdio estar livre para fazer adaptações (seja filme, televisão, jogos e os famosos merchandisings, que podem incluir qualquer tipo de produto). Para saber a lista completa de tudo que foi registrado, clique aqui.

Outro detalhe é que o nome foi registrado no Reino Unido, mas a empresa listada é a Warner Bros. dos Estados Unidos. Há pouco tempo, a distribuidora criou um divisão dentro do estúdio apenas para “Harry Potter”, ou seja, todos os projetos da série que envolvam o bruxo são cuidados por uma equipe especial.

No momento, o estúdio está ocupado trabalhando no primeiro derivado da franquia, Animais Fantásticos e Onde Habitam, que chega aos cinemas em novembro.

Sobre o autor

Bruno Alves

Apaixonado por "Harry Potter" e cultura pop em geral, Bruno é estudante de teatro. Se encontrando nas artes cênicas, ele usa seu tempo escrevendo histórias, assistindo filmes, tomando café e falando do Mundo Bruxo.

  • Gustavo Borella

    Ahh não quero um filme, se a JK pensou para o teatro, quero que fique no teatro (e livro do roteiro)

  • Gisele Oliveira

    Bem, espero que não seja pra filme mesmo, a não ser que fosse uma história diferente da contada na peça, porque convenhamos que ela é só uma repetição do que já vimos em outros filmes de HP, e com ar de fanfic, ia ser desastroso…mas devo admitir que gostaria de ver esse trio do teatro em um filme, adorei eles!

  • Priscilla Florêncio

    Acho que, com isso, é bem provável que dependendo do sucesso que a peça ter (no caso, dinheiro e repercussão), é bem obvio que a Warner não vai perder muito tempo, e fazer um filme… O que seria muito bom! Ainda mais se fosse exatamente com os atores do elenco da peça…

    Ainda estou esperando eles (Warner) anunciarem que irão fazer uma serie em parceria com a Netflix, contando a historia dos Marotos, para sabermos mais sobre a Primeira Guerra Bruxa. Então, em seguida, depois que terminassem com o final trágico da morte de James e Lilian Potter, eles seguissem fazendo uma sequencia da serie, contanto a historia do menino-que-sobreviveu, exatamente como nos livros, mas, com alguns “adicionais” que a J.K resolveu escrever para a serie, narrando com as perspectivas de outros personagens. Seria incrivelmente fantástico!

    Bom, é claro, que isso é só uma ideia de uma fã… Mas, não custa nada sonhar. Não é? HAHAHA