Animais Fantásticos Elenco

Alison Sudol comenta sobre a legilimência de Queenie

Escrito por Thiago Vieira

Animais Fantásticos e Onde Habitam mostrará aos fãs de “Harry Potter” não só algumas criaturas inéditas, como também poderes mágicos diferentes dos que foram mostrados na história original. Parece ser o caso de Queenie, que é dotada do poder da legilimência, mas de uma maneira um pouco diversa daquela de Voldemort ou Snape.

Alison Sudol, intérprete de Queenie Goldstein, contou à Entertainment Weekly que sua personagem ocupa um cargo subalterno no mesmo departamento que a irmã, Tina (Katherine Waterston), no Congresso Mágico dos Estados Unidos (MACUSA).

Queenie é legilimente, ou seja, ela tem a capacidade de ler mentes. No entanto, seu dom não é colocado em prática como Snape fazia em Ordem da Fênix, quando usava sua varinha para penetrar a mente de Harry. Ela é mais como uma antena sempre ligada, captando os sentimentos e pensamentos de todos ao seu redor.

Segundo Sudol:

Ela é basicamente a empatia mágica completa e absoluta. Ela é capaz de ler as pessoas – mas isso não significa apenas ler os pensamentos de alguém. Ela é capaz de ler a história de alguém, ela pode ver os objetivos das pessoas. E por isso mesmo que ela é capaz de fazer mágica com sua varinha.

Muito de sua magia é, na verdade, interna, o que faz dela um tipo diferente de feiticeira ou bruxa. E ela é incrivelmente divertida, brincalhona, alegre e de espírito livre, gentil e sábia, e também tem uma espécie de quietude porque ela sempre sintoniza as pessoas, então é um personagem interessante de fazer – muito vivaz e animada, mas muito centrada e consciente.

Com toda essa capacidade, parece que Queenie será bem mais do que a mocinha bonita da história, não acham?

Animais Fantásticos e Onde Habitam chega aos cinemas brasileiros em 17 de novembro.

Sobre o autor

Thiago Vieira

Formado em Direito e servidor público, tem esperança de fazer algum bem no mundo. É fã de "Harry Potter" desde os oito anos, quando pegou emprestado Pedra Filosofal de um primo que não deu muita bola pra história.

  • Gisele Oliveira

    Então, basicamente, é a Luna Lovegood com legilimência.

    • Priscilla Florêncio

      Na verdade, eu vejo diferente. A Queenie, parece ter uma personalidade complexa, mas ao mesmo tempo cativante. Ela, pela descrição da atriz, tem uma mistura de Ginny, Luna e Hermione, tudo ao mesmo tempo. No caso, seria: Ginny divertida, brincalhona e alegre. Luna espirito livre, gentil e serena. Hermione sábia, observadora e consciente. E pelo que ela disse, a Queenie tem um pouco de cada uma dessas características. Então, ela pode não ser uma personagem muito fácil de se compreender, porém acredito, que ela deve ser muito cativante.