Animais Fantásticos

[Coluna] Outras 5 coisas que podemos especular sobre “Animais Fantásticos”

Escrito por Bruno Alves

Animais Fantásticos e Onde Habitam já estreou e se mostrou uma parte digna do Mundo Bruxo de J.K. Rowling. Faltam menos de dois anos para enfim vermos a continuação do longa que novamente terá roteiro assinado por Rowling, mas a nossa ansiedade e empolgação já nos trazem muitas especulações, teorias e o que podemos esperar dos futuros filme de Animais Fantásticos e Onde Habitam.

Já consegui assistir ao filmes duas vezes. Da primeira vez foi o choque inicial de estar voltando aquele universo, na segunda vez eu pude e consegui prestar atenção nos detalhes e na história em si. E é nessa coluna que trago algumas ideias e sugestões do que podemos esperar de Animais Fantásticos 2.

Primeiro de tudo, o que sabemos oficialmente sobre a sequência? Quase nada. Meses trás, quando confirmado, a Warner Bros. soltou um pequeno release do segundo filme. Na época não fazia sentido algum, mas agora, após assistir ao filme, já podemos tirar algumas conclusões.

O segundo filme de “Animais Fantásticos” vai para um período cada vez mais sombrio do mundo bruxo, onde Newt e nossos outros heróis têm que escolher suas alianças.

A partir de agora o texto contém spoilers do filme Animais Fantásticos e Onde Habitam!

divisor-pata

França

paris

França, 1928. O filme se passará ainda na década de 20, porém dessa vez em terras francesas. No Mundo Bruxo de J.K. Rowling, sabemos que os franceses possuem uma escola de magia, a famosa Beauxbatons. Eu amei a ideia de voltarmos a Europa. Não sabemos muito – praticamente nada – sobre a comunidade bruxa da França, se eles possuem um vilarejo mágico como Hogsmeade, mas sabemos que a cabeça de Rowling é incrível o suficiente para criar uma versão mágica do país.

Acho que ela mais uma vez irá trabalhar na parte política do país, ou seja, iremos ver o ministério ou congresso mágico da França. Além disso, se preparem, pois teremos muitas Veelas no filme e participação da Torre Eiffel sim.

Leta Lestrange

Um dos pontos mais interessantes do filme é Leta Lestrange. Descobrimos que além de vir da famosa família de bruxos que já apareceu na série “Harry Potter”, ela possui um forte vinculo com Newt, que foi expulso de Hogwarts por sua causa, segundo o Fantastic Beasts and Where to Find Them: Magical Movie Handbook. Por onde anda Leta? Será mais uma peça do exercito de Grindelwald?

O que sabemos até então é que a personagem será interpretada pela atriz Zoe Kravitz e terá um papel de destaque na continuação.

Quarteto

quarteto

O quarteto Newt, Tina, Queenie e Jacob foram um dos pontos positivos do filme. Esbanjando carisma, os quatro atores conseguiram criar um laço entre seus personagens que cativou todo mundo. Agora resta sabermos por qual motivo eles vão se unir novamente e como, já que o final do filme deixou eles bem “separados”.

A parte ruim é que o próprio David Heyman já confirmou que o quarteto principal não será o “coração” dos próximos filmes.

Importância do Obscurus

obscurus

Uma das melhore novidades de Animais Fantásticos e Onde Habitam são os Obscurus, uma força das trevas que se torna parasita de uma criança que a cria indevidamente, sendo desenvolvida por bruxos que tem sua magia reprimida durante sua infância. Essa força pode ter vontade própria quando um Obscurial perde o controle e se torna mortal.

Talvez os Obscurus sejam um dos pontos que mais serão trabalhados durante os próximos filmes. No segundo longa, já está confirmado que o personagem de Ezra Miller, Credence, retorna, ou seja, teremos mais momentos empolgantes com eles. É provável que iremos ter conhecimento do porque Grindelwald esta atrás de Obscurus e uma das minhas teorias é que ele esteja criando um exercito do mesmo e esteja recrutando crianças de todos os mundos para isso.

Então anotem ai: os Obscurus vão ser destaques e vão dar muito trabalho na França.

19 anos

J.K. Rowling e seu fascínio por números continua. Depois do 7, vem o 19.

Um dos fatores que está mais me deixando curioso é essa transição de tempo que cada filme irá ter. O primeiro se passa em 1926 em Nova York, o segundo na França de 1928, o terceiro, quarto e quinto filme precisam se passar em um intervalo de tempo que termine em 1945. Sim, já está confirmado pela própria autora que o último irá se passar neste ano, ou seja, teremos o grande embate de Dumbledore e Grindelwald. Vai ser uma das melhores coisas ver essa transição de tempo passando, os personagens e a progressão da historia acontecendo.

Não consigo achar palavras pra descrever quão incrível e lindo é ver esse universo ganhando vida décadas antes de “Harry Potter”. É só esperar 2018 e ver o que nos espera.

divisor-fabe

Tudo isso são especulações de um simples fã, meros detalhes que consegui tirar enquanto assistia o filme e acompanhava essa maratona de entrevistas com o elenco e a produção. Comente algum detalhe ou sugestão do que podemos esperar da continuação de Animais Fantásticos e Onde Habitam.

Animais Fantásticos e Onde Habitam já está nos cinemas, e sua continuação será lançada em novembro de 2018. Adquira seu exemplar em inglês do roteiro original do filme clicando aqui e continue no Animagos para mais colunas do Mundo Bruxo.

Sobre o autor

Bruno Alves

Apaixonado por "Harry Potter" e cultura pop em geral, Bruno é estudante de Publicidade e Propaganda. Tentando se encontrar no meio da comunicação social, ele usa seu tempo escrevendo histórias, assistindo filmes, tomando café e falando do Mundo Bruxo.