Podcast

Podcast Animagos #25 – Sobre doença e deficiência no Mundo Bruxo

Uma folha de papel com os dizeres "doença e deficiência" em braille. No canto superior esquerdo, uma tag indica o nome e o número do podcast: "Animagos Podcast: 25".
Escrito por Igor Moretto

No antigo Pottermore, quando explorando Harry Potter e o Cálice de Fogo, era possível ler alguns pensamentos de J.K. Rowling sobre doenças e deficiências no Mundo Bruxo. É sobre o assunto que conversamos hoje.

No episódio de hoje, seus anfitriões videntes Igor Moretto (@igorzets), Renato Delgado (@nato_delgado) e Vinicius Ebenau (@vinnyebenau) se juntam a Luiza Zanferdini (@luizisse) para bater um papo com o Sidney Andrade, do HQ da Vida, sobre doenças, capacitismo e deficiências no Mundo Bruxo, passando de personagens centrais como Moody até outros menos importantes, como Arabela Figg.

Você pode ouvir o episódio no player acima ou fazer o download do .mp3 aqui (botão direito, salvar link como…/salvar link). O episódio também está disponível no iTunes, então você poderá assinar o feed no seu computador ou ouvir os episódios no seu iPhone, iPod ou iPad no aplicativo Podcasts. Você pode também adicionar o podcast ao seu agregador RSS ou player de podcast preferido através deste link.

Entre em contato

Se você quer entrar em contato com a gente e mandar sua opinião sobre o podcast (ou qualquer outra coisa, mesmo!), comente nesse post, ou envie um email para contato@animagos.com.br. Nós também estamos no Twitter, como @siteanimagos; no Facebook, como /siteanimagos, no YouTube, como +animagosbrasil, e agora também no Instagram, como @animagosbrasil!

Recomendações

Vinicius: filme Não Me Abandone Jamais
Luiza: série Rick and Morty; filme O Serviço de Entregas da Kiki
Renato: livro Caixa de Pássaros
Sidney: série Atypical; podcast HQ da Vida; podcast É Pau, é Pedra Filosofal
Igor: série The Confession Tapes; série Making a Murderer

 

Sobre o autor

Igor Moretto

Igor já trabalhou como tradutor de conteúdo em diversos sites. Hoje, formado em Produção Audiovisual, procura alimentar o Animagos com novidades e é responsável pelo podcast mensal.

  • Gisele Oliveira

    Joseph Little Drop

  • Julia Alencar

    E ai gente! Esse foi um dos podcasts que eu mais gostei de ouvir, vocês falaram de um tema muito interessante e de uma forma muto interessante. Gostei bastante da analise que vocês fizeram do texto, não me lembro se cheguei a ler no pottermore. Depois de todos esses anos lendo e vivendo Harry Potter eu nunca tinha pensado nas questões que vocês abordaram no podcast. Aliás, não só dentro do mundo mágico da JK, algumas coisas que o Sidney falou sobre a vida real e a sociedade realmente me fizeram pensar. 1h30 ouvindo vocês me ensinou, eu abri meus olhos e com certeza vou passar a ver certas coisas de forma diferente agora, então OBRIGADA!
    Apesar do tema mais sério desse podcast eu consegui dar bastante risada. Adoro quando tem convidado, acho que fica mais engraçado (não que vocês sozinhos não sejam engraçados, adoro vocês beijos)
    Até o próximo 🙂

  • Gustavo Borella

    Oi, gente! Achei o podcast muito interessante, é muito interessante trazer esses temas do mundo bruxo para discussão.
    Adorei o convidado desse podcast, foi muito bom ouvir de uma pessoa que conhece e sabe sobre acessibilidade falar e relacionar isso com o universo de HP. Confesso que ainda não havia parado para pensar nisso.
    Sobre a declaração da JK, fiquei feliz que ela disse que não é canon, acho que até ela viu a burrada que fez(eu espero).
    Beijinhos da luz e até o próximo episódio.

  • Henrique Tavares

    Eu não gostei do tom da JK defendendo Cursed Child, ainda mais querendo usar um discurso de integridade artística. Se ela só estivesse focando no Cormoran Strike, mas não, ainda tá vivendo do universo de HP e soltando coisas como Cursed Child e Animais Fantásticos (que é uma história muito da farelenta e cada vez que penso nela gosto menos). Me soa ridículo ela dizer que coisas que os fãs querem não apetecem a ela, mas justamente essa peça amaldiçoada ela vem falar que é o que instiga a artista criativa dentro dela? Me poupe.

    Particularmente eu queria ver Hogwarts, Um História, mas não me incomodaria com uma história dos Marotos não. Nos livros não exploram as aventuras que eles tinham, e como eles são até os criadores do mapa mais completo do castelo e os terrenos, dá pra imaginar que eles viram e descobriram muitas, muitas coisas. Como arco dramático poderíamos ter a união dos amigos em torno da ~doença~ do Lupin. Daria pra ser algo bem Conta Comigo, mais pessoal e com aventuras contidas em vez de uma grande luta contra grandes bruxos das trevas, ficaria legal. E ainda mais, se eu fosse a Warner, encomendaria um jogo dos Marotos, aproveitando pra fazer um mapa bem grande e com bastante coisas para explorar e expandir o que conhecemos da escola (e do universo bruxo até), queria muito, muito voltar para Hogwarts nos videogames.

    Sobre o podcast em si, adorei a participação do Sidney, é extremamente agradável ver alguém tão resolvido assim. E também as questões que ele trouxe sobre acessibilidade e normalidade. A análise dos personagens me abriu mais os olhos sobre o assunto, coisas que eu admito que nunca tinha parado pra prestar atenção, como o Moody. Muito legal o que vocês conseguiram fazer aqui.

    Ótimo episódio, e continuem fazendo pautas frias com esse tipo de análises das obras, é bom pra variar de tanto CC e AF.