Harry Potter J.K. Rowling

Bloomsbury publicou informações falsas na edição das casas de Hogwarts

Uma foto das lombadas das quatro edições, em todas há o título do livro, o nome da autora e uma ilustração do animal de cada casa: a da Lufa-lufa tem um texugo, a da Sonserina tem uma cobra, a da Grifinória um leão e a da Corvinal, uma águia.
Escrito por Igor Moretto

A editora britânica Bloomsbury, responsável pela publicação de “Harry Potter” no Reino Unido, admitiu que utilizou informações falsas na edição das casas de Hogwarts de Harry Potter and the Philosopher’s Stone, publicada mais cedo esse ano. Segundo a editora, eles já sabem dos erros e o corrigiram para as próximas impressões.

Willie Muse e Amir Khan, dois editores do site de humor College Humor, escreveram em 2015 um artigo chamado “J.K. Rowling’s Twitter is out of control” (o Twitter de J.K. Rowling está fora de controle), onde publicaram capturas de tela de tuítes nos quais a autora revelava novas informações sobre a série “Harry Potter” e seus personagens, e entre elas, algumas montagens que brincavam com a ideia de Rowling falar sobre assuntos absurdos do canon, como por exemplo masturbação em grupo na sala comunal da Lufa-lufa.

Entre os tuítes falsos, estava um que acabou sendo compartilhado fora do contexto da postagem e ganhando status de canon pela internet afora, veja a seguir:

Uma captura de tela de um tweet de Ted Nugget, @cedricfan01, perguntando: "@JK_Rowling have any of the Hogwarts teachers ever dated?", e a autora respondendo: "@CedricFan01 Of course! Sprout and Flitwick had a long term relationship! They broke up but remain friends."

No tuíte, um usuário pergunta à autora se professores de Hogwarts já tiveram algum relacionamento amoroso, no que Rowling prontamente responde que sim, “é claro! Sprout e Flitwick tiveram um relacionamento longo, mas que acabou, apesar de continuarem amigos”.

Apesar do logotipo do website de humor na imagem, a captura de tela acabou chamando a atenção dos editores responsáveis pela edição das casas de Hogwarts de Harry Potter and the Philosopher’s Stone na Bloomsbury, que incluíram a informação nas edições da Corvinal e da Lufa-lufa como se fossem canon! Veja abaixo o trecho em que a informação aparece na edição da Corvinal, na página 344.

Uma foto da página 344 da edição da Corvinal de Philosopher's Stone. Em destaque, o trecho "Did you know? Professor Flitwick had a long-term relationship with fellow teacher Professor Sprout. Sadly it didn't work out but they remain friends."

A nova edição teve a adição de algumas páginas de informações nunca antes publicadas sobre as respectivas casas. De acordo com nossos amigos do The Rowling Library, quase todas essas informações podem ser encontradas em entrevistas, textos no Pottermore e tuítes – verdadeiros – da autora, mas essa não. Segundo a Bloomsbury, novas impressões serão feitas com uma correção que aparentemente tirará a informação falsa. Veja a conversa no Twitter que chamou a atenção da editora:

@ibid11962: @Williesillie2 Parece que uma de suas piadas entrou pro canon oficial de Harry Potter. Parabéns! (E também uma pesada crítica a seja lá quem na @BloomsburyBooks foi responsável por checar os fatos nessa.)

@BloomsburyBooks: Estamos cientes deste erro e ele foi corrigido para reimpressões das edições das casas relevantes.

A informação causou comoção. No Reddit, alguns fãs falaram sobre outro erro que há nessas edições: a presença do anel dos Gaunt na ilustração de Salazar Slytherin. Slytherin nunca possuiu o anel, e, pior ainda, ele não tem absolutamente nada a ver com o objeto! O comentário levou a uma discussão sobre a inconsistência entre o que J.K. Rowling diz na mídia e o que ela publica no Pottermore e outros meios oficiais.

O autor do post original, Willie Muse, também falou sobre o ocorrido em nova postagem do College Humor, relembrando o processo de criação do post, a disseminação da informação, e chamando a publicação de sua mentira de “incrível”.

Em tempos de notícias falsas e pós-verdade, até mesmo editoras de livros infanto-juvenil precisam tomar cuidado na hora de checar fatos, não é?

Sobre o autor

Igor Moretto

Igor já trabalhou como tradutor de conteúdo em diversos sites. Hoje, formado em Produção Audiovisual, procura alimentar o Animagos com novidades e é responsável pelo podcast mensal.