Cormoran Strike

Sinopse, capa e estreia de quarto título de Cormoran Strike são divulgadas

Pedaço da capa do livro Lethal White. Nele, vemos os atores Tom Burke e Holliday Grainger (intérpretes de Strike e Robin na série televisiva) estão de costas e observando uma paisagem londrina típica: o Big Ben e o castelo de Westminster.
Escrito por Renato Delgado

Desde março do ano passado, com a revelação do título do quarto livro de Cormoran Strike, os leitores avidamente tentam solucionar em que caminho a trama de Lethal White (“Branco Letal”, em tradução literal) deve seguir e qual será o mistério central da vez.

Hoje, mais pistas em relação ao livro foram fornecidas, já que tanto a sinopse quanto as capas americana e britânica foram divulgadas pela editora. Leia abaixo a sinopse:

Vi um garoto matar… Ele o estrangulou, em cima do cavalo.

Quando Billy, um jovem problemático, chega ao escritório do detetive particular Cormoran Strike para pedir sua ajuda na investigação de um crime que ele pensa ter testemunhado quando criança, Strike fica profundamente abalado. Muito embora Billy obviamente sofra de disfunções mentais e não pode se lembrar de tantos detalhes concretos, há algo sincero sobre ele e sua história. Mas, antes que Strike possa questioná-lo mais além, Billy sai em disparada de seu escritório em pânico.

Tentando chegar à raiz da história de Billy, Strike e Robin Ellacott – que era sua assistente, mas agora é sua sócia na agência – saem numa pista sinuosa que os leva às ruas afastadas de Londres, a um santuário secreto dentro do Parlamento, e a uma casa senhorial linda, embora sinistra, que fica na área rural.

E durante essa investigação labiríntica, a própria vida de Strike está longe de ser simples: sua fama recém-descoberta como detetive particular significa que ele não pode mais operar nos bastidores, como fazia. Além disso, seu relacionamento com sua antiga assistente é mais tenso do que nunca – Robin agora é inestimável para Strike nos negócios, mas a relação pessoal entre eles é muito, muito mais complicada do que isso…

Uma das únicas ideias dos fãs a respeito do título do livro era a de que faria referência à síndrome Lethal White, que ataca principalmente os cavalos da raça americana paint horse. Nela, o potro nasce parecendo saudável, apesar do pelo completamente branco e olhos azuis, mas com um cólon inoperante, o que acaba provocando sua morte. Pela sinopse, podemos perceber que, de fato, haverá um cavalo na história.

A capa, por outro lado, não parece revelar nenhum detalhe da trama (como acontece com a maioria das edições dessa série). Nela, vemos os dois protagonistas de costas, observando uma paisagem clássica londrina: o relógio Big Ben e o castelo de Westminster, ao longe. Muito embora não existam muitas diferenças entre as edições americana e britânica, a comparação entre elas pode ser vista a seguir (a capa da esquerda é a britânica e a da direita é a americana):

A revelação das capas surtiu um questionamento entre os fãs dessas obras, já que elas não seguem o padrão gráfico dos outros três primeiros livros da série. Em resposta a um desses fãs, o agente literário Neil Blair assegurou que haverá, sim, uniformidade entre as edições, embora não seja da forma como estamos pensando (lançando uma segunda capa no futuro para combinar com as primeiras). Se você tem alguma ideia de como essa uniformidade pode ocorrer, deixe aí nos comentários!

Por fim, também foi anunciado que o livro não demorará tanto para chegar às livrarias: ele estará nas prateleiras já no dia 18 de setembro deste ano. Quanto à edição brasileira, nada foi divulgado até o momento, mas possivelmente estará nas lojas no começo do próximo ano.

Sobre o autor

Renato Delgado

Corvinal de coração, Renato se envolve com sites de "Harry Potter" há mais de dez anos e ainda não se cansou deles! Formado em Letras e quase mestre em Linguística, trabalha com revisão de textos e tradução de filmes e séries de TV.