Animais Fantásticos Harry Potter Os Crimes de Grindelwald

McGonagall em Os Crimes de Grindelwald está de acordo com o canon – Atualizado

Foto de McGonagall olhando para cima assustada e segurando o chapéu.
Escrito por Igor Moretto

Já aconteceu com Dumbledore e está acontecendo de novo! A presunção dos fãs e o apego às informações derivadas dessa presunção fizeram com que a gente gritasse, esperneasse e xingasse muito no Twitter quando ficamos sabendo da presença de Minerva McGonagall em Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald.

Teve gente afirmando coisas que não estão escritas pra justificar a revolta. Teve gente chamando a J.K. Rowling de louca. Teve gente pedindo pra Disney comprar a franquia e tirá-la das mãos da autora. Tudo isso por causa de uma presunção.

A dedução do nascimento de McGonagall

“Minerva McGonagall, nascimento em 4 de outubro de 1935”, diz a página da Wikipédia sobre a personagem. A fonte? Dedução.

Quando a professora Umbridge interroga McGonagall em Harry Potter e a Ordem da Fênix, o seguinte diálogo acontece:

— Há quanto tempo você está ensinando em Hogwarts? — perguntou a Profª Umbridge.

— Trinta e nove anos, agora em dezembro — respondeu McGonagall bruscamente, fechando sua bolsa com um estalo.

Os fãs pegaram esse trecho em que McGonagall diz que trabalhou em Hogwarts por 39 anos e deduziram que, se a cena se passa em 1995, logo McGonagall trabalhou na escola desde 1956, ininterruptamente, até aquele ano, já que 1995 – 39 = 1956. É uma conta simples de subtração.

Mais tarde, J.K. Rowling publicou um texto sobre a professora no Pottermore que contava que, no ano seguinte de sua graduação em Hogwarts, McGonagall começou a trabalhar no Ministério da Magia, cargo que ocupou por dois anos antes de ser contratada para trabalhar em Hogwarts.

Então, se depois do sétimo ano em Hogwarts, com 18 anos, McGonagall entrou para o Ministério e, dois anos depois, ingressou em Hogwarts, quer dizer que ela tinha 21 anos em 1956. Logo, 1956 – 21 = 1935.

Premissa errada

O problema é que a premissa deste cálculo está errada! Não sabemos se os 39 anos de trabalho em Hogwarts são consecutivos ou não, e, com o que sabemos agora com Os Crimes de Grindelwald, tudo indica que não.

Em Os Crimes de Grindelwald, vemos McGonagall trabalhando em Hogwarts em 1910 e 1927. Se considerarmos que isso é verdade, e que ela trabalhou durante todo esse tempo lá, então quer dizer que 17 dos 39 anos estão relatados neste filme, e que, portanto, não podem ter acontecido consecutivamente aos anos que levaram a 1995. É preciso haver um hiato.

Os 46 anos de hiato

Vemos no filme que Dumbledore é impedido de continuar dando aula de Defesa Contra as Artes das Trevas no ano de 1927. Sabemos que depois, quando Tom Riddle está em Hogwarts, Dumbledore dá aula de Transfiguração. Podemos deduzir então que a mudança de cargo (de DCADT para Transfiguração) aconteceu em 1927. É muito provável que, porque Dumbledore agora volta ao cargo de Transfiguração, McGonagall perca sua função e saia de Hogwarts.

Subtraindo os 22 anos, que é a quantidade de anos que faltam para os 17 virarem 39, de 1995, chegaremos a 1973. Isso sugere que McGonagall ficou 46 anos fora da escola. Nossa hipótese é que, inicialmente, McGonagall lecionou em Hogwarts de 1910 a 1927, e que, depois de um hiato de 46 anos, retornou em 1973.

O retorno

Mas por que McGonagall teria retornado a Hogwarts? De acordo com um trecho de Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban, foi por volta de 1973 que Dumbledore virou diretor de Hogwarts. Veja o trecho em que Lupin explica como conseguiu ingressar na escola mesmo sendo um lobisomem:

Eu ainda era garotinho quando levei a mordida… Mas, então, Dumbledore se tornou diretor e ele se condoeu.

Ou seja, quando Dumbledore deixou seu posto como professor de Transfiguração, perto dos 11 anos de Lupin (final de 1971), para virar diretor, ele precisou de alguém para substituí-lo. E quem melhor do que sua velha amiga Minerva McGonagall, que inclusive já havia feito esse trabalho, para tomar para si o cargo?

O que há no canon que pode corroborar essa hipótese?

É dito no livro digital Histórias de Hogwarts: Proezas, Percalços e Passatempos Perigosos, que contém adições sob o texto original do Pottermore, que Tom Riddle não teve McGonagall como sua professora, e isso se encaixa com o fato de Dumbledore ser seu professor de Transfiguração. Se Riddle nasceu em dezembro de 1926, então seus anos em Hogwarts começaram em 1938 e acabaram em 1945. Esses anos fazem parte do hipotético período de hiato de McGonagall.

No mesmo texto, Rowling revela que Tiago e Lílian haviam sido alunos de McGonagall. Se os dois nasceram no meio de 1960, então o ano do ingresso dos dois na escola seria 1971. McGonagall não estava lá, mas estaria a partir do terceiro ano do casal.

Algumas informações corriqueiras também indicam que talvez McGonagall seja muito mais velha do que imaginávamos. Por exemplo, a forma como Madame Pomfrey comenta sobre seu estado de saúde em Ordem da Fênix, depois dela ser estuporada:

Foi transferida para o St. Mungus hoje de manhã. Quatro Feitiços Estuporantes no peito na idade dela? É de admirar que não tenha morrido!

Hermione também comenta o fato:

[M]as a coitada da Profª McGonagall… quatro ataques diretos no peito, e ela não é mais jovem, não é?

Se McGonagall tivesse mesmo nascido em 1935, ela teria 60 anos, idade em que os bruxos ainda estão consideravelmente jovens, já que vivem mais que os trouxas.

Novamente em Histórias de Hogwarts: Proezas, Percalços e Passatempos Perigosos, Rowling diz que McGonagall foi uma das poucas pessoas que sabiam quão terrível tinha sido para Dumbledore decidir lutar e derrotar Grindelwald. Se a professora tivesse nascido em 1935, ela teria apenas 10 anos na época do acontecido, em 1945.

Conclusão

Apesar de alguns pontos provarem que sim, J.K. Rowling sempre pensou em Minerva McGonagall como uma pessoa mais velha do que os fãs sugeriam, esses pontos são desnecessários aqui. A questão não é se ela planejou uma aparição da professora em “Animais Fantásticos” há vinte anos, e sim se essa aparição se encaixa com o canon até aqui disponível para nós. E sim, se encaixa.

Muita coisa ainda vai ser mal interpretada, deduzida e, por fim, desmascarada, no decorrer do lançamento dos filmes da nova série, e nosso dever é nos manter sempre alerta e fugir da histeria que essas informações impressionantes causam a primeira vista.

Rowling não está louca, e muito menos perdendo o controle sobre o canon. Ela sempre esteve certa. Errados fomos nós, que acreditamos em suposições e deduções matemáticas simplistas enxergadas com olhos estreitos e cínicos.

Atualização

O visitante Rodolpho Carvalho nos chamou a atenção em um comentário para um trecho de Harry Potter e as Relíquias da Morte onde McGonagall aparece em Hogwarts em 1971, sendo que na hipótese do texto ela só volta pra escola em 1973.

Estamos quebrando a cabeça para repensar essa questão na nossa análise. Não se trata apenas de uma teimosia em aceitar que todo o pensamento está errado, mas sim no pensamento de que pode existir um dado mal interpretado da nossa parte.

Acreditamos que essa reinterpretação dos fatos, trabalhada neste texto, responde a outras questões além do problema “McGonagall em Os Crimes de Grindelwald”: o fato de, com o pensamento anterior, existirem dois professores de Transfiguração concomitantemente em Hogwarts (Dumbledore e Minerva).

Se Minerva tivesse entrado em Hogwarts em 1956, se passariam 17 anos em que o cargo de professor de Transfiguração estaria ocupado tanto por ela quanto por Dumbledore. Ou seja, nem a hipótese anterior se encaixaria aqui, pois em Hogwarts não se costuma ter mais de um professor em cada matéria. O único caso, como alertado por visitantes nos comentários, é o da professora Trelawney e do centauro Firenze. O caso das aulas de Adivinhação, no entanto, é uma anomalia, já que Firenze continuou na escola por ter sido jurado de morte pelos outros centauros caso voltasse à Floresta Proibida.

Voltaremos com mais atualizações assim que encontrarmos mais peças desse quebra-cabeça.

Este texto existe por causa da matéria original do Hypable, “When was McGonagall born?“.

Sobre o autor

Igor Moretto

Igor já trabalhou como tradutor de conteúdo em diversos sites. Hoje, formado em Produção Audiovisual, procura alimentar o Animagos com novidades e é responsável pelo podcast mensal.

  • Lázaro Tanan

    Sabemos bem que Rowling adora esse tipo de coisa é agora resolveu surpreender de fato, se fazer sentido é espetacular. Jamais Rowling erraria assim e de forma tão grande, seria mais fácil errar propositalmente agradando a mídia de certa forma o que seria ridículo também.
    Mas dêem tempo ao tempo, sempre acreditei desde o comecinho de toda a notícia que aí tem rs e tomará que esteje certo.
    Calma gente, calma rs ! Rowling sempre pensou bem além, por isso foi considerada uma rainha desse mundo que envolve imaginação. Acredito até que ela possa fazer alguns calculos e de repente… mudar algo, se houver coerência para isso e quase sempre há uma brecha, ainda mais para uma gênia. Esta é sua força também esqueceram? Por isto foi o único escritor a se torna bilionário vendendo livros.
    Mas tomara que tudo de certo no final.

  • Outra coisa que comprova parcialmente esta teoria, é que em Ordem da Fênix, existe a seguinte conversa entre Minerva e Neville:

    “– Mas por que quer continuar em Transfiguração? Você nunca me deu a impressão de gostar tanto assim
    da matéria.
    Neville fez uma cara infeliz e murmurou alguma coisa como ‘minha avó quer’.
    […]
    – Lamento, Longbottom, não posso aceitá-lo na minha classe de N.I.E.M. Mas vejo que você recebeu
    um “Excede Expectativas”em Feitiços; por que não tenta um N.I.E.M. em Feitiços?
    – Minha avó acha que Feitiços é uma opção muito fácil – murmurou Neville.
    – Matricule-se em Feitiços – disse a professora –, e vou mandar uma palavrinha a Augusta lembrando
    que só porque ela não passou no N.O.M. de Feitiços… não significa que a matéria seja inútil”

    Ou seja, essa parte da impressão que no mínimo elas eram alunas, porém pelo jeito que Minerva diz (mais a vontade), ela teria dado aula a Augusta Longbottom, que como sabemos é mãe do Frank Longbottom que teria a idade na faixa de Lilian Potter. Ou seja, em uma conta básica, da pra imaginar que Minverva tenha dado aulas para Augusta durante os anos de 1910 e 1927!

    Quanto ao fato de Minerva ter lecionado desde o primeiro ano de Lilian, segue uma parte do texto traduzido do Pottermore sobre a professora:

    “Pouco depois da primeira derrota de Voldemort, Elphinstone voltou a pedi-la em casamento. Desta vez, ela aceitou, e eles passaram a viver em um pequeno chalé em Hogsmead.

    O casamento foi feliz, porém tragicamente curto. Acidentalmente, Elphinstone foi morto por uma mordida de Tentáculos Venenosos. Minerva não aguentou viver sozinha em sua casa, e voltou a morar em Hogwarts”

    Portanto, no texto da Minerva, eu (fã de Harry Potter), considero que os dois anos que “escaparam” na teoria acima, sobre ela ter retornado em 1971 e não em 1973, esse casamento tragicamente curto, não foi especificado, e eu vejo que um casamento de 2 anos, é algo tragicamente curto, então entendo que durante esse tempo, ela não lecionou, e se o casamento durou 1 ano e 2 meses por exemplo, ela não voltaria a lecionar no meio do ano letivo, e sim esperaria pelo seu final.

    Se a minha tese e do autor (Igor Moretto) se entrelaçarem, podemos concluir que Minerva deu aula em 1910 (para o Newt e Leta), em 1927 (Durante os Crimes de Grindewald), com a proibição de Dumbledore lecionar DCAT, ele retorna para lecionar Transfiguração, e ela sai de Hogwarts, em 1971, ela volta a dar aulas para Thiago (James), Lilian, Sirius, Snape, Remo e outros, após a derrota de Voldemort (1981), ela aceita se casar com seu antigo chefe (Elphinstone), e sai de Hogwarts, ficando fora por dois anos (Por exemplo, ficou fora da escola de 1982 até 1984) e volta depois.

    Vamos a soma então: 1910 para 1927 (17 anos), 1971 até 1982 (11 anos) e 1984 até 1995 (11 anos) resultando nos 39 anos ditos em Ordem da Fênix.

    Fonte do texto traduzido do Pottermore: https://potterish.com/2012/10/minerva-mcgonagall-hogwarts-grifinoria-vida-casamento-enredo-fantasma/

  • Giovane Fernandes Oliveira

    Harry Potter e a Pedra Filosofal, primeiro capítulo:

    “- Imaginei encontrar a senhora aqui, Profa. Minerva McGonagall.
    E virou-se para sorrir para o gato, mas este desaparecera. Em vez dele, viu-se sorrindo para uma mulher de aspecto severo que usava óculos de lentes quadradas exatamente do formato das marcas que o gato tinha em volta dos olhos. Ela, também, usava uma capa esmeralda. Trazia os cabelos negros presos num coque apertado. E parecia decididamente irritada.”

    Na mesma cena, Dumbledore é descrito como “alto, magro e muito velho, a julgar pelo prateado dos seus cabelos”.

    Essa cena ocorreu em 1981, às portas da casa dos Dursley, quando Dumbledore e McGonagall foram entregar Harry para os tios criarem após a morte dos Potter. Se em 1981 Minerva tinha “cabelos negros”, então ela não regulava de idade com Dumbledore, descrito como muito velho e tendo cabelos prateados. Tudo leva a crer, do Pottermore à declaração da própria Minerva em HP5 sobre estar há 39 anos em Hogwarts, que foi um deslize da J.K. a presença da Minerva em Animais Fantásticos 2.

    E sobre Minerva ser uma das poucas pessoas a saber do quão difícil foi para Dumbledore enfrentar Grindelwald, o argumento de que ela não poderia ter 10 anos à época do duelo de 1945, justamente por saber do dilema de Dumbledore, não faz sentido, pois no Pottermore é dito que Minerva e Dumbledore se tornaram amigos próximos após uma noite em que ele a encontrou chorando e começaram a conversar um com o outro sobre suas respectivas vidas, se não me engano (precisaria reler para lembrar detalhes, mas do tom geral desse fato eu me recordo).

  • Pedro

    Gostei muito da teoria e espero que em breve a gente possa descobrir exatamente como fica a linha do tempo com as informações que faltam. Eu dei uma pesquisada nos livros e montei um linha do tempo básica juntando os acontecimentos que são cânone relacionados à Dumbledore e McGonngall em Hogwarts e datas estimadas de outros eventos para ajudar a entender a cronologia:

    1910
    – Dumbledore é prof. de DCAT
    – McGonnagall ensina em Hogwarts (provavelmente Transfiguração)
    – Profª Galatéia Merrythought ensina em Hogwarts (Em HP6, Dumbledore conta a Harry que na época que Tom Riddle se forma (1945), a profª Merrythought ensinava em Hogwarts há quase 50 anos. Como ela era a professora de DCAT de Riddle, é provável que ela dividia a matéria com Dumbledore em 1910, mas não se pode ter certeza).

    1927
    – Dumbledore é impedido de dar aulas de DCAT (provavelmente passa a ensinar Transfiguração)
    – McGonnagall ensina em Hogwarts (provavelmente sai de Hogwarts quando Dumbledore pega a disciplina)
    – Profª Galatéia Merrythought ensina em Hogwarts (provavelmente fica com DCAT só para ela)

    1942-43
    – Tom Riddle abre a Câmara Secreta
    – Dumbledore é prof. de Transfiguração
    – Profª Galatéia Merrythought ensina DCAT em Hogwarts
    – Não há evidência de que McGonnagall ensinava em Hogwarts

    1945 (Entre agosto e dezembro)
    – Dumbledore é prof. de Transfiguração
    – Profª Galatéia Merrythought está se aposentando
    – Tom Riddle, com 18 anos, pede para ficar em Hogwarts como professor de DCAT. O diretor Dippet recusa e ele vai trabalhar na Borgin e Burkes.
    – Não há evidência de que McGonnagall ensinava em Hogwarts

    1946-1956 (Data estimada)
    – Aqui as coisas ficam mais complicadas de deduzir. Em HP6, vimos que Riddle rouba o medalhão de Slytherin e a taça de Hufflepuff depois de algum tempo trabalhando na Borgin & Burkes. Pela descrição do livro, ele está pelo menos alguns anos mais velho do que na época da escola, e conta-se que ele já visitava Hepzibá Smith com frequência. Por isso, eu fiz essa previsão de dez anos, com Riddle tendo entre 19 e 29 anos quando cometeu o roubo. Não acho que ele tenha ficado tanto tempo assim trabalhando na loja, mas acho que é seguro pensar que ele não tenha ficado mais do que isso.

    1956-1966 (Data estimada)
    – Dumbledore e Voldemort se encontram em Hogwarts. Voldemort pede o emprego de prof. de DCAT (Dumbledore informa em HP6 que esse encontro ocorreu 10 anos após o roubo da taça e do medalhão)
    – Dumbledore já é diretor de Hogwarts. (Voldemort comenta que soube que ele virou diretor, o que parece indicar de que era um acontecimento recente)
    – Não se sabe se McGonnagall já havia voltado para Hogwarts ou não.

    1971
    – McGonnagal está ensinando em Hogwarts (conforme mostra a memória de Snape em HP7)
    – Dumbledore é diretor de Hogwarts (conforme é contado na biografia de Lupin, no Pottermore)

    Essas são as informações que eu reuni. Fiquem à vontade para me ajudar a preencher as lacunas 🙂

  • Luan Cavalari

    Então, Minerva 1971 poderia ser professora substitua de Dumbledore, pois os professores substitutos, apesar de serem professores, so prestam servicos ao diretor. Tanto que Hagrid nunca deixou de ser professor de TdCM, e assim que ele retormava, a substitua sai… e olha que era melhor ensinando. Supondo que Dumbledore tenho ficado fora por um tempo, como sabemos que ele geralmente fica e poucos sabem o que ele realiza… E Minerva tenha assumido o papel de substituta, estando na escola 1971, ele estarai no trecho de RdM e como o Dumbledore logo em 1973 se tornou diretor, ele preferivelmente convidou Minerva a retornar, mas agora sendo professora oficial.

  • E se durante esse primeiro período de 17 anos ela tivesse tido outro hiato de 2 anos? Aí teríamos 39-15 =24 anos e então subtraindo esses 24 de 1995 ela voltaria a Hogwarts em 1971. Seria forçado demais? =/

  • Vitor Sá Carneiro

    Tem-se a informação precisa de que o flashback do Newt com a Leta acontece, de fato, em 1910? Se acontecesse em 1913, por exemplo, faria sentido a Minerva estar em Hogwarts em 1970…

  • No momento em que terminei de ler, já me veio a hipótese de que esses anos que faltam da história da Minerva, foi o tempo que ela esteve casada com um trouxa e viveu com ele longe da magia, no mundo dos trouxas

  • Kelvin Nogueira

    71 e 73 é um período relativamente curto… Um vira tempo se encaixa perfeitamente nesse trecho!

  • Welinton Stez Ortiz

    Se isso estiver correto que Minerva deu aula aula de 1910 até 1927 e parou e voltou somente lecionar somente em 1973; quer dizer que não veremos mais ela em Animais fantásticos;(pelo menos não mais como professora)?

  • Certeza q ela estava em Hogwarts em 1910? Fiz uns cálculos aqui, não tenho certeza de que seria isso, mas poderia resolver esse problema da atualização, de que ao invés de 1973, ela já estaria em Hogwarts em 1971. O Newt nasceu em 1897, se ele entrou no ano em que fez 11 anos, então seria em 1908, mas isso varia pelo mês do nascimento, o qual não sabemos. No caso do Harry, por nascer em julho de 1980, entrou pouco depois de fazer 11, em 1991, mas a Hermione, nasceu em setembro de 1979, é mais velha do que ele, daí entrou quando já tinha quase 12 anos. Se esse for o caso do Newt, ao invés de ter entrado em 1908, ele só entrou em 1909. Pela cena de flashback dele, com a aula do Riddikulus, se passa no terceiro ano, que começou em 1911. Considerando que a cena de flashback da Leta, em que a Minerva aparece, foi nesse mesmo ano letivo, ela deve ter começado a ensinar em 1911 (1º de setembro, quando começa o ano letivo). E considerando a teoria, do Dumbledore ter assumido o cargo dela após ser proíbido de lecionar DCAT, em 1927, isso aconteceu bem no início do ano, pois o filme se passa apenas alguns meses após a prisão do Grindelwald, ainda em 1926, então a Minerva não tinha completado 16 anos no cargo, havia feito 15 anos em 1926, e saiu do cargo no início do 16º ano dela, mas sem completar. Daí ela voltando em 1971, quando o Dumbledore passa a ser diretor e deixa o cargo de Transfiguração vago, em 1995 ela estaria completando o 24º ano consecutivo como professora, 24+15=39 anos. Então, resumindo, ela teria entrado em setembro de 1911, saiu no início de 1927, porém ainda tendo apenas 15 anos completos no cargo, voltou em 1971, e 24 anos depois, em 1995, somou 39 anos como professora de Hogwarts. E como ela disse pra Umbrige que estaria fazendo os 39 em dezembro, podemos entender que ela não assumiu o cargo no início do ano letivo de 1971, em setembro, e sim em dezembro, que pode ter sido justamente quando o Dumbledore se tornou diretor, e conseguiu fazer o Lupin ingressar na escola, só um pouquinho atrasado. Enfim, é uma possibilidade, isso faria as coisas se encaixarem, ela estar presente em Hogwarts nas cenas de AF2, não ter sido professora do Tom, mas já ser professora dos Marotos, da Lílian, etc, ser bem próxima do Dumbledore a ponto de ser uma das poucas a entender como foi difícil pra ele ter enfrentado o Grindelwald, e ser realmente mais velha do que muitos imaginam, como essas evidências nessa teoria mostram.

    • Não afirmo que a J.K. já havia pensado em tudo isso há 20 anos e tá trazendo agora, mas apenas que, considerando essa teoria, há uma possibilidade dela não ter errado ao colocar a Minerva no filme, que não tenha se confundido, esquecido, se perdido na linha temporal, feito apenas por fan service, e sim que antes ela pensou numa forma de fazer isso ser possível e que deu pra encaixar, e aí ela pretende passar essas novas informações posteriormente, ao longo dos próximos anos com os outros filmes. E se por acaso ela realmente não pensou nisso e fez besteira, normal, ela é humana, depois de tantos detalhes perfeitos, tanta coisa minimamente pensada, ao longo das histórias, tudo certinho, em algum momento pode ocorrer algum erro, ainda mais ela agora tendo um novo desafio, de escrever em um tipo diferente de linguagem, direto pros cinemas, pode acontecer, ué, e não é isso que vai desmerecer todo o trabalho e talento dela, e aí se for esse o caso, pelo menos é possível que ela pense agora, ou até tenha uma ajuda dessas teorias dos fãs, e consiga encaixar as coisas, consertando o deslize sem nenhuma sequela. Mas vamos esperar pra ver, ter fé na nossa rainha, ela sempre vai merecer um voto de confiança, não tem pq ficar desacreditando agora, e também entender que se ela errou, é algo que pode acontecer com qualquer ser humano, e temos que continuar tendo fé de que ela pode resolver tudo, mesmo que seja pensando depois e com a ajuda dos fãs, a magia continua do mesmo jeito

    • Igor Moretto

      Oi Nelson! A gente considerou essa possibilidade do ano ser 1911, mas não se encaixou. Primeiro porque segundo essa imagem (https://vignette.wikia.nocookie.net/harrypotter/images/4/4d/Newton_Scamander_-_Travel_application.jpg/revision/latest?cb=20171004181941), Newt nasceu em 24/04. Segundo que, no roteiro, as cenas do flashback em que McGonagall aparece são descritas como acontecendo “dezessete anos antes” de 1927, ou seja, 1910. Ainda estamos quebrando a cabeça com isso! Haha. Obrigado pelo feedback.

  • Marcello Morgan

    Não me lembro de, no filme dos Animais Fantas chamarem ela de professora. Posso estar enganado e preciso assistir novamente, mas eles só a chama de McGonagall… será que ela não foi algum tipo de funcionária de Hogwarts antes de virar professora?

  • Nathalia Rosa

    Hey, quanto ao fato de Hogwarts não terem dois professores lecionando na mesma matéria, há ao menos uma exceção que aparece nos livros. Em Ordem da Fenix quando a professora Trelawney é demitida pela Dolores Umbridge, Dumbledore contrata o Centauro Firenze para ficar no lugar dela. Quando Dumbledore retoma o controle de Hogwarts ele reintegra Trelawney e mantêm os dois como professores de Adivinhação, como Gina menciona na página 678, já que os centauros expulsaram Firenze do rebanho, como ele mesmo contou a Harry na página 489. Sabemos que ele ficou lá ao menos por mais um ano em que Dumbledore continuou como diretor da escola, no caso o sexto ano de Harry em Hogwarts.
    O que quero com isso: se já houve uma vez em que dois professores ensinaram a mesma matéria porque não pode ter havido outra? Porque Dumbledore e Minerva não podem ter lecionado Transfiguração ao mesmo tempo mesmo que por um pequeno tempo.

    • Igor Moretto

      Oi Nathalia. Para a primeira timeline funcionar, eles teriam que ter dado aula juntos por pelo menos 17 anos… Isso não é um pequeno tempo, certo?

      Mas você tem razão, há o caso de Trelawney e Firenze, mas esse caso é uma anomalia, já que Firenze foi acolhido por Dumbledore porque estava jurado de morte pelos outros centauros. A não ser que haja alguma justificativa grave como essa para manter uma pessoa lecionando em Hogwarts, acho que podemos tratar o caso de Firenze como uma exceção à regra.

  • Gabriel Fontoura

    Jo está SIM perdendo o controle da franquia, e tudo por causa da Warner! Todas as evidências corroboram que Minerva é meses mais velha que sua atriz, Maggie Smith: sua declaração no livro, o texto no pottermore, passagens no livro.

    O que aconteceu com a McGonagall em Crimes de Grindewald foi vista grossa de um fanservice muito mal-feito.

    Ou a Jo acorda e põe a Warner no lugar dela ou vai acontecer com Harry Potter a mesma que aconteceu com George Lucas e Star Wars.

  • Henrique Amaral

    “pois nunca houve qualquer menção a matérias lecionadas por mais de um professor ao mesmo tempo em Hogwarts.”
    A Trelawney e o Firenze deram aula de adivinhação ao msm tempo…

  • Claudia

    Pouco me importa se a JK mudou ou não um pouco a história para colocar a Minerva nos filmes,eu só sei que quase berrei e pulei da cadeira quando a vi,só não o fiz pq não sou assim tão jovem e,na minha idade, esses detalhes perdem um pouco a importância, eu quero mais é aproveitar essas histórias fantásticas que JK escreve.

  • Liss

    Não lembro com exatidão, mas no filme McGonagall já era professora em Hogwarts? Haveria a possibilidade dela trabalhar lá antes, mas só à partir de 1956 ter conseguido o cargo de professora? Umbridge perguntou à quantos anos ela ensinava, não quantos anos ela trabalhou em Hogwarts. Hagrid trabalhou muitos anos antes de virar professor. Não sou tão atenta à pequenos detalhes, mas isso seria possível? Explicaria inclusive pq ela não teria sido professora de Tom Riddle.

    • Rodolpho Carvalho

      O melhor é procurar no original em inglês. Quando eu chegar do trabalho, vou olhar isso direitinho tb.

    • Igor Moretto

      Oi Liss! Sim, no roteiro ela é chamada de “professora” tanto em 1910 quanto em 1927.

    • Rodolpho Carvalho

      “How long have you been teaching at Hogwarts?” Professor Umbridge asked.
      “Thirty-nine years this December,” said Professor McGonagall brusquely, snapping her bag shut.

      Agora é tentar entender isso aí.

      • Rodolpho Carvalho

        Ela não diz “trabalhando” e sim “ensinando”.

  • Tais c. o. Dickel

    Acho engraçado que todo mundo é o maior fã da JK, pq meu deus ela é incrível, pq que mulher e blablabla, aí aparece uma coisa diferente no filme e pronto, a mulher é louca, tá sonhando… Aí eu pergunto, como assim gente? Vocês lembram quando se esperava anos pelo lançamento do próximo livro? Quanto tempo vcs demoraram pra entender o que havia se passado com Harry e etc? Aaaaah, façam-me o favor. Vocês estão muito mal acostumados, querem todas as respostas no exato minuto que elas chegam e pronto, qualquer coisa não explicada de pronto e com todas as respostas dignas de crianças do pré-escolar é ‘a JK cheirou cola’.
    Um pouco de fé nela, que tal? #pas

  • Você afirma que nunca houve menção a dois professores lecionarem a mesma matéria em Hogwarts, mas não podemos nos esquecer de que isso é sim possível e aconteceu em Harry Potter e o Enigma do Príncipe, quando Sibila Trelawney e o centauro Firenze dividiram as turmas de Adivinhação.

  • Gisele Oliveira

    Às vezes, eu tenho impressão que Rowling se confunde e comete erros como todos nós, e depois pega carona nas teorias dos fãs para defendê-la para tapar os próprios buracos rs.
    Se agora é canon que esses 39 anos não foram consecutivos e há um gap de 46 anos, quero muito saber o que ela fez nesse meio tempo, já dá pra bolarem uma nova saga de filmes.

    • Fernando Paulo

      A nova saga vai se chamar Minerva McGonagall e os Anos Perdidos, contará a história de um novo bruxo das trevas nunca antes revelado… e, o mais importante, a nova saga será dividida em 46 partes… kkkkkkkk…

    • Igor Moretto

      Haha, Gisele, a Rowling já até disse que houve uma época em que ela utilizava a HP-Lexicon pra checar se os fatos que ela tinha planejado batiam com o que era discutido no fandom. Mas acho que apesar de ela fazer isso e considerar a timeline do fandom, ela ainda sabe que o trabalho é dela e não se prende às nossas suposições.

  • Netto Oliveira

    A teoria é interessante, mas tem alguns problemas. Segundo o livro Proezas, Percalços e Passatempos Perigosos e o livro de Harry Potter e o Enigma do Príncipe, temos 3 coisas que devem coexistir:

    1. Minerva entrou no Ministério da Magia aos 18 anos de idade.
    2. Minerva ficou no Departamento de Execução das Leis da Magia por 2 anos e depois se tornou professora de Hogwarts.
    3. Alvo Dumbledore era diretor de Hogwarts na época.

    Então, considerando que ainda em 1944, quando Tom Riddle se forma, o professor Dippet ainda estava em Hogwarts como diretor, não vejo como a Minerva poderia ter ingressado como professora antes disto e, ao mesmo tempo, ter 20 anos de idade quando foi contratada pelo Dumbledore, que é a idade que ela saiu do Ministério da Magia.

    https://uploads.disquscdn.com/images/037f3bbcecb91566091ffe8107d0aa1a88278b075a1da6f7c20de293a9c1a2be.png

  • Kássio Gomes

    Não entendi pq fazer a explicação da Minerva n ter sido professora do Voldemort e ter sido do Tiago e da Lilian sendo que segundo a teoria da entrada dela em Hogwarts em 1956 isso já se explica sozinho. Vc em todo momento deu a entender que sua teoria é melhor que a anterior (inclusive criticando com palavras duras e desnecessárias) pra acabar fazendo o mesmo: matemática, referências soltas e suposições. Suposições que do ponto de vista lógico são bem menos prováveis.
    Acho que se vc queria explicar seu ponto de vista poderia ter feito isso muito bem sem ficar criticando os outros e admitindo que suas suposições são superiores e corretas.

    • Igor Moretto

      A hipotese do texto se encaixa ao canon que a Rowling parece seguir, portanto é preferível esses cálculos novos do que os antigos. Não disse que a minha hipotese é melhor, apenas que se encaixa no canon…

  • PortalDuerre

    O próprio livro Histórias de Hogwarts: Proezas, Percalços e Passatempos Perigosos, diz que o Dumbledore era diretor de Hogwarts quando ela começou a lecionar lá. Gente, aceita que a JK cheirou cola kkkkkk

    • Igor Moretto

      Na minha edição do livro não tem esse trecho. Você poderia mostrar a sua cópia?

  • Rodolpho Carvalho

    “No mesmo texto, Rowling revela que Tiago e Lílian haviam sido alunos de McGonagall. Se os dois nasceram no final de 1960, então o ano do ingresso dos dois na escola seria 1972. McGonagall não estava lá, mas estaria a partir do segundo ano do casal.”

    Capítulo 33 – A história do príncipe (Harry Potter e as Relíquias da Morte)

    “Harry estava atrás de Snape, ambos observando as mesas iluminadas a velas, repletas de rostos extasiados. Então, a professora McGonagall chamou:
    – Evans, Lílian!
    Ele observou a mãe se adiantar de pernas trêmulas e se sentar no banquinho bambo. A professora deixou cair o Chapéu Seletor sobre sua cabeça, e, mal se passara um segundo após tocar seus cabelos acaju, o chapéu anunciou: “Grifinória!”
    Harry ouviu Snape soltar um pequeno gemido. Lílian tirou o chapéu, devolveu-o à professora McGonagall, e correu ao encontro dos alunos da Grifinória que a aplaudiam […]”

    • Igor Moretto

      Hmmm! Muito bem observado, Rodolpho. Mas acredito que mesmo assim, se retrabalharmos as datas com as lacunas que temos dá pra fazer isso caber na hipotese.

      Obrigado por compartilhar!

      • Rodolpho Carvalho

        eu realmente quero pensar que ela está certa e tudo mais, só que tá difícil nesse caso. prefiro acreditar que foi um erro mesmo (acontece. lembra do caso dos monitores que foi corrigido em edições posteriores?) e bola pra frente, fingir que nunca aconteceu xD

      • Artur Tavares

        Se houve outro hiato de 2 anos, pelo menos, a hipótese faz sentido. É possível sim a presença de Minerva no filme. Quanto a ela ter cabelos negros até pelo menos 1981… Ela é bruxa. Se havia vaidade nela até esta data ela poderia modificar o cabelo (e como era boa em transfiguração nem precisaria de tinta! – Aliás, ela poderia até parecer mais jovem se quisesse rsrs)

  • Marcus Garcia

    OBRIGADO!

  • Okami

    Se a questão é tão simples assim pq a própria JK não explicou a situação ao invés de apagar as datas no Pottermore?

    • Donizete Junior

      A data nunca foi apagada, ela nunca existiu por completo no Pottermore. Sempre foi apenas o dia e o mês.

      • Donizete Junior

        E se ela tivesse sido apagada o Harry Potter Wikia teria mencionado que o ano foi retirado de lá, eles sempre colocam fontes. Mas no caso do ano do nascimento da Minerva eles sempre foram transparentes quanto o ano ter sido calculado por fãs e não uma informação oficial.

        • Camila Baraúna

          Vamos lá
          É sabido que Dumbledore assumiu a diretoria em 1956
          1956 + 39 = 1995
          As datas batem. É isto.

  • Pq eh mais fácil acreditar que Rowling mantém total controle sobre cada personagem segundario do livro, do que com o fato dela não ter pensado sobre isso? A data de nascimento da professora estava no Pottermore, e deletado recentemente. A teoria é ótima, a que vc escreveu, mas me parece muito pouco provável q ela tivesse pensado neste fato completamente fora de propósito de que a Mcgonagall teria trabalhado em hogwarts, saído da escola (sem nenhuma menção direta a respeito) e depois retornado quase 50 anos depois. É bastante ilógico pra quem escreve. Não se trata de um fato importante. É apenas o cargo de uma professora que se torna irrelevante diante aos fatos. Muito mais fácil, pra quem escreve, ter dito a data de início e de fim, ao invés de inventar uma vida cheia de reviravoltas que NUNCA SÃO APROFUNDADAS. assim como o fato de dumbledore ser gay… Coisa que só agora se torna relevante.

    • Marcus Garcia

      NUNCA foi divulgada a data de nascimento da Minerva. O que tinha no site do Pottermore era a informação de que ela cresceu no início do século XX, e foi retirada. Porém permanece no eBook oficial do Pottermore, escrito pela autora da saga.

    • Igor Moretto

      Na verdade eu acho mais fácil acreditar que ela errou e bater o martelo do que buscar evidências pro planejamento dela. Além de ser uma análise divertida de fazer, desmascara a nossa presunção quanto ao conteúdo!

  • Camila Baraúna

    Minerva sabe das dificuldades de Dumbledore enfrentar Grindelwald, pois quando o ex-noivo dela faleceu devido a primeira guerra bruxa (foi num ataque aleatório a trouxas) Dumbledore entrou no quarto dela e a viu chorando muito. Então ela contou a história toda, e só então Dumbledore contou de toda a dificuldade para enfrentar Grindelwald. Tá tudo num livro que a JK escreveu sobre a biografia dela, a do Lupin e etc

    • Camila Baraúna

      Sem contar que McGonagall só começou a ensinar em Hogwarts quando Dumbledore assumiu a diretoria. Tá no mesmo livro. Ela enviou a carta pra Hogwarts, e ele, que era diretor, a convidou para ensinar transfiguração.

      • Igor Moretto

        Camila, você fala “McGonagall só começou a ensinar em Hogwarts quando Dumbledore assumiu a diretoria” e logo depois diz que isso aparece no livro. Vamos aos fatos:

        No livro, lê-se “She sent an owl to Hogwarts, asking whether she might be considered for a teaching post. The owl returned within hours, offering her a job in the Transfiguration department, under Head of Department, Albus Dumbledore.”

        O que você falou está errado. Sugiro que quando for compartilhar mais informações desse tipo, pesquise antes pra não correr o risco de propagar informações falsas!

        Obrigado pelo feedback! 😀

        • Camila Baraúna

          Vamos lá
          É sabido que Dumbledore assumiu a diretoria em 1956
          1956 + 39 = 1995
          As datas batem. É isto

          • Igor Moretto

            Onde tem essa informação de que ele assumiu a diretoria em 1956?

    • Camila, acho que você confundiu as ocasiões…
      No texto do pottermore tem:
      “[…]Nevertheless, it was a shock to learn from the oblivious Isobel (in the middle of a chatty letter of local news) that Dougal had married the daughter of another farmer.

      Albus Dumbledore discovered Minerva in tears in her classroom late that evening, and she confessed the whole story to him. Albus Dumbledore offered both comfort and wisdom, and told Minerva some of his own family history, previously unknown to her. The confidences exchanged that night between two intensely private and reserved characters were to form the basis of a lasting mutual esteem and friendship.”

      Ela havia desistido de casar com o trouxa, Dougal, para não sofrer o mesmo que a mãe, e foi trabalhar no Ministério. 2 anos depois, foi para Hogwarts, após enviar uma carta e ser convidada pelo Dumbledore, dito como chefe do departamento de transfiguração da época, para um emprego no departamento de transfiguração. Não fica explícito em que ano isso aconteceu, se o Dumbledore já era o diretor ou se estava convidando ela para assumir o cargo de Transfiguração enquanto ele se transferia para o de DCAT, não se tem muitos detalhes, mas aí um tempo depois, ela descobre que o amor da vida dela se casou com outra. Por isso ela estava chorando no quarto, e nisso o Dumbledore presenciou a cena e ela contou toda a história dela, e ele dividiu com ela a história familiar dele, creio que seria a parte do drama de esconder a magia da Ariana, dos problemas com os trouxas, dos perigos de se reprimir a magia, o fato de ter perdido a irmã, etc, não menciona o Grindelwald, não se sabe se isso tudo foi antes ou depois da batalha dos dois. Apenas que, após isso, Dumbledore e Minerva dão início a uma grande amizade.

      E posteriormente a isso, tem sobre o casamento dela com o Elphinstone Urquart, antigo chefe dela, no Ministério. Ele insistiu em várias tentativas de pedir ela em casamento, quando ela foi pra Hogwarts, mas ela sempre negava, por ainda amar o Dougal, mesmo ele se casando com outra. Somente após a morte dele, e depois da derrota de Voldemort, que ela finalmente aceitou, com o cara já aposentado e com cabelos brancos, bem mais velho, e velho para um bruxo, no caso. 3 anos depois ele morre e ela volta a morar em Hogwarts, viúva. Não fica claro quanto tempo ele insistiu em tentar se casar com ela, quando que o Dougal faleceu, então fica muito no ar, podendo se encaixar nas duas teorias.

  • lsouza

    Mto obrigado, pq eu NÃO AGUENTA MAIS!!!

  • Elen Júlia

    Gente, Quase tudo bate menos q: o cargo de professor de DCADT não existia na época. Essa matéria só foi criada depois da Segunda Guerra bruxa (Voldemort). É por isso q o Dumbledore aparece em HP como professor de transfiguração. Ele como professor de DCADT é outro ponto q tbm não ta batendo na história…

    • Renato Delgado

      Oi, Elen!

      De onde você sabe essa informação? Acredito que ela não esteja correta. Dá uma lida nessa matéria nossa aqui: http://animagos.com.br/2018/08/02/alvo-dumbledore-galateia-merrythought-e-a-polemica-sobre-quem-ensinou-d-c-a-t/

      Ela esclarece toda a questão de Dumbledore ser professor de DCAT e explica algumas coisas sobre a cronologia dessa parte da história (Dois fatos para resumir: Tom Riddle pede o cargo de professor de DCAT e sabemos ainda que a matéria era ensinada por uma bruxa chamada Galateia Merrythought).

      Abraços!

      • lsouza

        Nem faz sentido isso pq o Tom queria ser professor da matéria assim q saiu da escola. Como ele poderia querer dar aula de uma matéria q só existiram depois q ele virasse o vilão da porra toda?

  • Igor Lambert

    Texto sensacional. Parabéns !

  • Nossa, eu estou no chão com este texto. Obrigado por nos esclarecer.

  • Gustavo Borella

    Nossa! Se for isso mesmo a JK é muito boa em colocar mini detalhes nas obras e ter pensado nisso antes… Mas é bem provável que ela tenha pensado nisso quando foi escrever o roteiro.