Podcast Animagos Podcasts

Podcast Animagos #34 – Os Crimes de Grindelwald: Primeiras impressões

Foto do elenco inteiro de Os Crimes de Grindelwald, e no topo o texto "Os Crimes de Grindelwald: Primeiras impressões."
Escrito por Igor Moretto

No episódio de hoje, seus anfitriões paulistanos Igor Moretto e Renato Delgado apresentam algumas conversas que tiveram durante a semana de lançamento de Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald com João Moretto, Daniel Honório, Larissa Andrioli e Tamiris Garcia sobre as primeiras impressões sobre o filme. É bom? É ruim? Vem ajudar a gente a decidir!

Você pode ouvir o episódio no player acima ou fazer o download do .mp3 aqui (botão direito, salvar link como…/salvar link). O episódio também está disponível no iTunes, então você poderá assinar o feed no seu computador ou ouvir os episódios no seu iPhone, iPod ou iPad no aplicativo Podcasts. Você pode também adicionar o podcast ao seu agregador RSS ou player de podcast preferido através deste link.

Links

Sonseriníssima, o canal da Larissa
Pó de Flu, o canal da Tamiris

Entre em contato

Se você quer entrar em contato com a gente e mandar sua opinião sobre o podcast (ou qualquer outra coisa, mesmo!), comente nesse post, ou envie um email para contato@animagos.com.br. Nós também estamos no Twitter, como @siteanimagos; no Facebook, como /siteanimagos; no YouTube, como +animagosbrasil; e no Instagram, como @animagosbrasil!

Sobre o autor

Igor Moretto

Igor já trabalhou como tradutor de conteúdo em diversos sites. Hoje, formado em Produção Audiovisual, procura alimentar o Animagos com novidades e é responsável pelo podcast mensal.

  • Gustavo Borella

    Oi, gente!
    Gostei muito da opinião de vocês sobre o filme.
    Acho que o filme está bom, tem coisas novas para a gente entender, mas de um modo geral eu me surpreendi muito.
    Irei assistir novamente essa semana pra ver e esclarecer as coisas.

  • Daniel Honório dos Santos

    JOÃO OPRIMIDO HAUUHAUHA desculpa hehehe.

    eu tô ofendido com o:
    “Não, mas é que a gente tava com o Daniel, e o Daniel……. ele deu 9,5 pro filme”
    MAS OXE, deixa meu lado BRIGHT SIDE OF LIFE hahaha.

    pensamentos:
    – Falei demais socorro. mas tá valendo.
    – Vocês tão mt lokos no final eu amei huauha
    – 9,5 é uma nota equivocada? talvez. retiro? acho q não hehehe.

    no final foi uma experiência tão legaaaal, não só o filme, mas o puta IMAX 3D que eu nunca tinha visto antes hehe, e ver o filme com vcs também e depois discutir tudo isso, foi muito legal e o saldo só me foi positivo.
    Valeu gente.
    Bjo.

  • Vinicius Almeida da Silva

    Eu queria saber qual é a necessidade de expandir o universo se não for para fazer um inside na cultura bruxa dos outros países, no primeiro filme soubemos um pouco sobre o Macusa, Ilvermony, a lei de segregação e como os bruxos americanos lidam com isso, mesmo que grande parte das informações estiveram disponíveis no Pottermore. E em os Crimes de Grindelwald não soubemos nada sobre a comunidade bruxa Francesa, nem sobre o ministério, nenhuma citação a Beauxbatons, JK Rowling você prometeu…

    • Daniel Honório dos Santos

      HAHAHAHA. that’s a point. POXA JOTAKÁ

  • Estou comentando enquanto ouço o podcast e é engraçado ouvir vcs defendendo tanto o filme kkkkkk… Acho q alguém jogou em vcs aquele feitiço q colocaram no Jacob no começo do filme: tá tudo perfeito enquanto o feitiço durar, mas depois vão perceber q esse foi o pior filme do Wizarding World (quem não concordar diga qual é o pior e pq).

    • Daniel Honório dos Santos

      a gente tomou Giggle Water durante a sessão e o efeito demora a passar uhauhauha.
      Ah, mesmo com os defeitos levantados eu só não consigo não gostar muito.

  • Nós, fãs, gostamos do filme simplesmente por sermos fãs. Mas não vou me fingir de cego e dizer q o filme foi perfeito e q gostei de tudo. Roteiro muito fraco e muitas coisas acontecem sem propósito nenhum. JK tem q começar a aceitar a ajuda de algum roteirista de verdade, pq ela não dá conta. Ela pode escrever a história do jeito q quiser, mas na hora de colocar no filme devia deixar com alguém q saiba oq tá fazendo.
    Não entendo a rixa por causa da Minerva, não influencia em nada a historia q já conhecemos só o fato dela ter nascido uns 30 ou 20 anos antes.
    E não importa o quanto amemos o Mundo Mágico de Harry Potter, esse universo foi criado pela JK e o canônico é oq ela disser q é, não só oq agradar os lunáticos q nem a respeitam (fiquei puto com esses otários q estão xingando ela).

  • Gabriel Martins

    Olá pessoal do Animagos, muito bom o episódio como sempre.
    Sobre o que eu achei do filme: agora eu amo ele, mas o sentimento que tive logo depois de ver foi de estar confuso e frustrado.
    Acho que parte foi pela expectativa porque estava desde sempre acompanhado as notícias e criei muitas expectativas com o circo, com o flamel, com flashback em hogwarts, com a nagini, etc… e daí chegou no filme e da a sensação que tem tanta coisa e não tem nada. Queria tanto que essa história fosse um livro, porque parece que ela tem tantas lacunas que a gente não viu e provavelmente nunca vai ver.
    Por exemplo esse período de meses entre o primeiro filme e o 2:
    – queria ter visto mais do lançamento do livro do newt, era o momento mais incrível pra ele, a realização de um trabalho de anos e só mostra uma foto em um jornal.
    – queria ter visto a jornada do credence até a França, como ele conheceu a nagini, ficou muito jogado não da pra acreditar na amizade e companheirismo que eles criaram, e quando o credence vai com o grindelwald não dá pra acreditar no sofrimento da nagini.
    – a nagini em si também não existe nesse filme, nada dos dilemas que achei que ela teria como uma maledictus apareceu, sem falar o circo como um todo que foi 2 segundos de cena.
    Uma frustação real é sobre o futuro da série onde virão intervalos de anos entre um filme e outro com milhões de coisa que a gente não vai ver, o treinamento e manipulação do grindelwald com o credence ou o dilema da tina que a irmã foi embora com o grindelwald, ou o luto dos irmãos scamander pela leta ou o conflito e rivalidade que o “eu amo você/vocês” final dela poderia gerar, são todos exemplos de coisas que vão acontecer logo após os acontecimentos desse filme e quando a gente for ver esses personagens denovo eles vão estar anos depois em outra vibe da vida, e todos os conflitos e soluções deles que iam enriquecer os personagens, a gente vai ficar só imaginando e especulando.
    No geral eu gostei muito do que eu vi em crimes de grindelwald, a minha frustação com o filme foi mesmo com o que eu não vi, o que não foi mostrado e devia.
    P.S: Como que a Irma não viu que a Leta trocou os bebês, demorou pelo menos alguns dias desde elas no barco esperando por um navio de resgate até chegar no continente, até ir na casa da mary lou, a irma não deu comida pra criança? Como ela não viu que era outra criança?

  • Robson Moura

    Ai gente, amei o pod. Mas no começo vocês pareceram tão tristes haha.

    • Igor Moretto

      Hahaha! Por que?