Podcast

Podcast Animagos #2 – Cursed Child, Animais Fantásticos e Pottermore

Escrito por Renato Delgado

Está no ar mais um episódio do Animagos, o podcast do Animagos.com.br! Nesse segundo episódio, junte-se a Igor Moretto (@igorzets), Renato Delgado (@nato_delgado) e Jurandir Pacheco (@jurandirpacheco) para uma conversa repleta de informação, polêmicas e especulações sobre a peça Harry Potter and the Cursed Child, a trilogia de Animais Fantásticos e Onde Habitam e a nova fase do Pottermore!

O podcast está disponível para download no formato MP3, logo abaixo. Ele também estará no iTunes, então você poderá escutá-lo no seu iPhone, iPod ou iPad através do aplicativo Podcasts.

Ouça no player acima!

Faça o download do .mp3 aqui (botão direito, salvar link como…/salvar link).

Sobre o autor

Renato Delgado

Corvinal de coração, Renato se envolve com sites de "Harry Potter" há mais de dez anos e ainda não se cansou deles! Formado em Letras e quase mestre em Linguística, trabalha com revisão de textos e tradução de filmes e séries de TV.

  • Henrique Tavares

    Não acho a Ordem da Fênix o melhor filme, mas a melhor adaptação, porque não suporto aquele livro. Acho que o filme fez um ótimo trabalho para fazer algo decente com uma das tramas mais insossas que já li.

  • Pingback: Cursed Child será uma sequência de Relíquias da Morte! - Animagos()

  • gisele oliveira

    Olá de novo, ouvi esta nova edição e vou deixar minhas impressões. Primeiramente, vocês são hilários e possuem ótimas opiniões, o podcast fluiu de forma natural e organizada, parabéns! Segundo, não sei se foi algum problema com meu download, mas o programa termina com uma interrupção abrupta, em outras palavras, não termina, é simplesmente cortado sem uma despedida. Aconteceu o mesmo no primeiro podcast.

    Bem, sobre Cursed Child minha primeira impressão foi ficar muito feliz em saber que HP está se expandindo para o teatro e que o pessoal envolvido, segundo dizem, é referência na área. Acredito e espero que venha coisa de qualidade por aí e isso me deixa feliz pela série, embora eu não tenha entrado em nenhum estado de euforia, afinal, é uma coisa que eu nem vou assistir mesmo. No entanto, com o tempo, isso ficou uma confusão, primeiro era um prequel, agora a JK enfaticamente afirma que não é prequel, aí eu achei que seria uma história que apenas se ambientasse nesse universo com persanogens totalmente novos, mas se tem Harry Potter no título então ele deve não só aparecer como ser o principal, assim como a tal “cursed child”….enfim, eu não consigo formular nenhuma teoria (acho que estou velha demais para isso) e espero pacientemente a sinopse.
    PS: A Very Potter Musical é ótimo. Não cheguei a assistir tudo, parei pela metade, são muitos episódios. É feito por uma galera talentosa, fã de HP e com ótimas piadas. Eu recomendo.

    Já com Animais Fantásticos minha reação inicial foi de total descrétido e, ainda hoje, eu aindo tô meio cricri…confio no talento da Jk e da galera técnica envolvida (só isso mantém minha esperança no filme), mas será que a warner vai despender o necessário para o filme? Será que o David Yates vai conseguir conduzir um bom filme? Será que os atores vão ter a qualidade e o carisma de os de HP? Porque há de se observar que os atores escolhidos para AFEOH é uma galera meio….méh….e bem desconhecida. Tudo bem que a série HP usou todos os atores renomado britânicos e não tenha sobrado mais ninguém (kkkk…), mas enfim…tudo bem também que eles tenham o Eddie Redmayne, que ganhou o Oscar e o Ezra Miller, um ator em ascenção, mas o desempenho deles depende muito também do quanto for exigido deles (acho que vcs já ouviram falar do cocô que estava o Redmayne no filme O destino de Jupter), e o Yates não me parece um bom diretor DE ATORES. Nesse sentido, eu concordo com o cara que queria o Cuarón pra dirigir esse filme, parece que ele recebeu o convite e eu torci demais para que fosse ele. Acho que o Cuarón teria um talento para lidar com as criaturas que apareceriam, dando um toque mais mágico e mais sombrio (o Yates é muito de tratar as coisas com sentimento e realismo), além de eu achar o Cuarón um melhor diretor de atores e MUITO mais criativo, e aqui seria o trabalho ideal pra ele, onde ele poderia imprimir ainda mais seu estilo sem ficar refém de livro ou mimimi de fã.
    PS2: É sério que o filme vai se chamar “animais fantásticos e onde habitam” mesmo? O nome é horrivel e nada comercial…
    PS3: ODF tem seus pecados, mas nada se compara à EDP, filme pretensioso intragável. Pra mim, o Tom Riddle é o Christian Coulson, ninguem mais.
    PS4: Eu não acho o Colin Farrel um bom ator, e como se isso não bastasse ele também não tem preseça em tela nem carisma nenhum. Só Jesus na causa pra esse personagem dele vingar.

    Sobre o Pottermore, a primeira versão foi muito caprichada, tinha umas artes lindas, mas eu entrei lá só pra saber minha casa, minha varinha e meu patrono (achei que tivesse esse teste à época), porque detesto esses joguinhos de computador e também me não agradei com essa ideia de simular ser uma estudante de Hogwarts via pc. O que eu queria mesmo eram os conteúdos extras da Jk. Parece que é nisso que vai focar o novo (e inacabado, espero) Pottermore, por isso, ainda tenho esperanças no site, quero que ele seja a enciclopédia oficial, com informações antigas e novas sobre a saga e com novidades a respeito do universo de HP e o fandon, como notícias dos novos projetos da Jk, HP and cursed child, animals fantásticos, etc…também poderia ter uma seção aberta às perguntas dos fãs para a própria Jk responder, pois acreditem, ainda há muita coisa para ser esclarecida ou acrescentada sobre a saga HP.

    Por fim, adoro o sotaque de vcs! Bjs!

    • Renato Delgado

      Oi, gisele! Muito obrigado pelo comentário! Vamos falar sobre ele no próximo cast. Sobre se o download ter sido interrompido ou não, tu podes conferir pela duração do cast. Se ele tiver 1:38:47, tá certo.

      O que acontece é que nossos casts normalmente terminam com uma despedida e, logo depois, tem um trecho interessante/engraçado que rolou durante a gravação e não se encaixa muito bem em nenhuma parte, então colocamos no final.

      A gente se despediu por volta de 1:38:00 e depois da despedida “voltamos”, mas só para um trecho engraçadinho 😀

  • Nayara Sevciuc

    Eu ri alto com o início deste podcast. Se convidou, não se convidou, ta convidada, não ta…Sério, aliás, meu sobrenome é Romeno.
    Eu acompanhava o Scar desde o começo, inclusive amava o ScarCast, dava muitas risadas.

    Sobre o conteúdo do cast #2
    – Nada faz sentido quanto a Peça, por enquanto, ainda mais que não da pra explicar muito via twitter. Se a Rowling for comentar mais sobre isso vai ser bem mais próximo do lançamento e tudo mais (eu acho).
    – A Very Potter Musical é sensacional (a trilogia toda), todo fã de HP deveria assistir, pelo menos começar.
    – Parece o Harry, mas pode ser o James, exatamente como o Renato disse.
    – A Cursed Child pode ser alguém que a gente não conhece, pode ser o Neville (acho pouco provável) e chutando muito longe, pode ser o filho de alguém que a gente conhece, mas nunca mencionaram essa criança. Pensei no Duda também, pelo mesmo motivo que o Renato disse, mas não sei se fariam algo assim.
    – A Peça é como um Spin-Off da série, não precisa acontecer necessariamente antes nem depois da série original. Um fato quanto a isso é que ninguém sabe nada, apenax ;P
    – Não sei se fico feliz ou não quanto ao David Yates, eu gostei do trabalho dele, mas em alguns momentos ele deu uma escorregada, o que é entendível. Pra mim, o maior problema da série não foi nem tanto os diretores, mas sim o roteirista.
    – Se fosse uma equipe totalmente diferente ia cagar na moita.
    – Esse filme tem tudo pra ser bom e tomara que seja.
    – Quanto ao elenco não da pra falar muito, a gente sabe muito pouco sobre os personagens, mas eu gostei muito da escolha do Eddie, acho que ele é um bom ator e vai fazer jus ao Newt.
    – Colin Farrell, exatamente. Quando vi que ele foi escalado fiquei pensando… WTF? Lembro de ter lido que ele seria um cara que não é muito amigo do Newt. Sobre ele ser o vilão, pode ser, mas acho que não ficaria bom, não curto ele fazendo vilão, sei lá.
    – Ezra Miller em AFeOH… grandes expectativas (que podem ser esmagadas e jogadas pra algum dragão). Ele é muito Tom Riddle, por Merlin !
    – E volta o cão arrependido…. É prequência ou não? Ninguém sabe ao certo.
    – Você pode pesquisar por termos específicos, mas você não acha o que está procurando. O site está meio zoneado, não tem muita coisa…Pottermore antes tinha muito mais informação, deviam ter melhorado o antigo e não mudado pra uma coisa totalmente nova.
    – A ilustrações eram perfeitas, adorava a ideia de não mostrar os rostos pra deixar que a pessoa imagine como é tal pessoa. A ideia de mostrar o filme como algo canon é muito ruim, vai contra tudo que falam sobre adaptações em geral, que o livro é muito mais rico e os filmes mudam várias coisas. Tomara que abram o feedback de novo.
    – Concordo com o Igor, Pottermore devia continuar como o anterior, mas sem a copa das casas e tudo mais.
    – HP-lexicon da de mil em qualquer outra “enciclopédia” de HP que eu conheça, tem até análises, claro que não é perfeito, mas é o melhor. Se não me engano, um dos caras que criou o site até ia publicar, mas não deu boa, claro, ele foi processado.
    – Eu sou a jurássica que ainda entra nos sites, LOL.
    – Resumindo, fã de HP sofre muito.
    – Ouvi!