Animagos Filmes Harry Potter

[Coluna de Viagem] As locações de “Harry Potter” na Inglaterra | Londres

Escrito por Luiza Zanferdini

Potterheads, aqui vem um post bem bonitinho, e espero compensar o tempo que ficamos sem! Hoje vou contar um pouco sobre os cenários de “Harry Potter” que visitei em Londres até agora. Existem vários locais na cidade que apareceram nos filmes (e nos livros), tanto recriados em estúdio ou como locação física mesmo, mas eu só visitei alguns. Dá para ir em todos eles em dois dias tranquilamente, que foi o que eu fiz.

Os lugares que você acaba visitando mesmo sem estar indo atrás de locações de “Harry Potter” são a Shaftesbury Avenue e o Piccadilly Circus, que apareceram em Relíquias da Morte – Parte 1 na cena em que Hermione aparata com Harry e Rony por lá, fugindo dos Comensais da Morte que invadiram o casamento de Gui e Fleur. Há também o London Eye, que aparece de fundo na cena em que Harry e parte da Ordem da Fênix estão voando para o Largo Grimmauld em Ordem da Fênix. São pontos bem turísticos e não tem muito como passar por Londres sem acabar visitando eles. De brinde, você ainda vai estar vendo cenários que apareceram nos longas da série!

img_4826

O London Eye é uma roda-gigante no sentido mais literal da palavra. É um dos pontos mais turísticos de Londres, então se você quiser passear nela, prepare seu bolso: um ingresso custa cerca de £ 21 se você comprar antecipadamente pela internet.

Shaftesbury e Piccadilly são ruas bem movimentadas e caóticas, então não da para tirar fotos bonitinhas, mas vale o passeio se você pensar que está andando por locais que apareceram em filmes que você assistiu incontáveis vezes! E, é claro, pensar que boa parte do elenco caminhou por ali.

Obviamente que não pude deixar de dar uma passadinha no Palace Theatre, que fica na Shaftesbury Avenue. É lá que está passando a peça Harry Potter and the Cursed Child. Ainda não consegui um ingresso, então fiquei só na entrada mesmo, tirando umas fotos e imaginando o que estava rolando lá dentro!

img_5334

É aqui onde a magia acontece! Infelizmente ou não, a procura pelos ingressos é muito grande.

Passei também pela Ponte do Milênio que, como já foi exaustivamente discutido, não deveria ter aparecido nos filmes, já que foi inaugurada em 2000 e Harry Potter e o Enigma do Príncipe, em que ela aparece sendo destruída, se passa entre 1996 e 1997. Mas confiem em mim, vale o passeio. Fui bem cedinho e ela estava bem vazia, então passei um bom tempo lá só curtindo a vista. A ponte é maravilhosa e gigantesca. Fiquei feliz que não foi realmente destruída por Comensais da Morte.

img_5449

A ponte é apenas para pedestres e é um verdadeiro deslumbre para os olhos.

É claro que eu não podia deixar de passar por King’s Cross. A estação é enorme e está sempre muito lotada. Para chegar nela, você deve pegar qualquer linha de metrô que passe pela King’s Cross Underground, e depois subir para a parte que aparece nos filmes de fato e que liga várias cidades da Grã-Bretanha com Londres.

img_5364

A Estação de King’s Cross é um charme só! Apesar de ela estar no livro, Rowling já afirmou que a descrição das plataformas não bate muito bem com as verdadeiras porque ela confundiu com as da Estação de Euston. Uma curiosidade: a Euston é a melhor estação partindo de Londres central para pegar um trem para a Watford Junction, a estação mais próxima dos Estúdios Leavesden.

Fiquei um tanto surpresa quando descobri a existência de uma loja chamada The Harry Potter Shop at Platform 9 ¾ na estação, com um local ao lado para você tirar sua tão esperada foto com o carrinho entrando na parede. A loja tem coisas muito legais da série, mas um pouco diferentes, pois são voltadas para estampas da plataforma 9 ¾.

img_5369

Se você não tiver tempo/dinheiro de ir à visita pelo estúdio e mesmo assim quiser levar uma lembrança oficial, aqui você provavelmente vai encontrar algo que te agrade!

Eu não sei por que, mas achava que a parede do carrinho ficava mesmo entre as plataformas 9 e 10. Nunca parei para pensar no quão lotado de fãs aquele lugar fica todos os dias e que seria inviável ela ficar entre as plataformas, onde teria gente embarcando o tempo inteiro.

Se você não se importa muito, pode tirar a foto de graça com sua câmera, mas precisa ficar na fila de qualquer forma. Se essa for sua opção, recomendo que vá antes da loja abrir ou depois que ela fechar, o que acontece às 8h e 22h, respectivamente, todos os dias (exceto domingo). Assim pelo menos você não precisa esperar.

img_5392

Lá eles ainda te emprestam o cachecol de sua casa para você sair todo bonito e caracterizado na foto!

Agora, caso você seja como eu e quiser a foto oficial (e detestar pegar filas), recomendo que chegue 8h da manhã, para evitar o tempo de espera. Eles tiram duas fotos e você pode escolher entre levar apenas uma (que sai por £ 9) ou levar as duas (cada uma saindo por £ 7,50).

img_5538

O cachecol fica esvoaçante assim porque uma funcionária fica sacudindo, e a fotógrafa pede pra você pular ou fingir que está correndo heheh

Ao lado de King’s Cross existe a estação St. Pancras Iternational, que aparece brevemente em Câmara Secreta, quando Harry e Rony roubam o carro voador do Sr. Weasley para ir para Hogwarts.

img_5400

Assim que você sai de King’s Cross, lá está ela: bela e majestosa.

Na série “locais que não apareceram nos filmes”, temos o Tottenham Court e o Odeon Cinema. A première de Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 2 começou no Tottenham Court, com a recepção dos atores, e terminou no Odeon Cinema, que fica na Leicester Square, onde o longa passou pela primeira vez para o público.

img_5362

Será que Animais Fantásticos e Onde Habitam também será exibido pela primeira vez aqui?!

Alguns locais não são próximos o suficiente uns dos outros para ir a pé (tentei e não recomendo), porém existem infinitas linhas de metrô que passam por toda a cidade. É só consultar no Google Maps (ou Apple Maps) que ele te indica exatamente quais linhas você deve pegar para chegar onde quer. É bem simples de entender, e se eu consegui, qualquer um consegue! Outra dica é comprar o passe de metrô para o dia todo, porque acaba saindo mais barato, e se você se perder não precisa se preocupar tanto em ter que ficar comprando mil passes para voltar ao lugar certo.

Se você sabe inglês e tiver interesse, acesse este site para mais dicas e informações sobre os locais de “Harry Potter” em Londres!

Bônus!

O Renato, que também é do site, esteve em Londres no começo desse ano (ele até contou sobre sua experiência no The Making of Harry Potter neste episódio do podcast) e também tirou fotos em alguns dos lugares mencionados aqui. Deem uma olhada:

Se você sempre quis se sentar ao lado da Emma Watson e tirar uma foto com a atriz, você pode fazer isso se estiver por Londres. Só que com uma versão dela feita de cera, vale? A arte fica na primeira parte do famoso e gigantesco Madame Tussauds. Se quiser dar uma passadinha lá, o ingresso está custando “apenas” £ 29. Contudo, antes de adquiri-lo, vale dar uma olhada nos pacotes, já que é possível economizar bastante se você comprar entradas para o Madame Tussauds e para o London Eye na mesma hora, por exemplo.

Como nenhuma foto dela ficou boa, fiquem com uma imagem da internet mesmo:

Você pode se sentar e bater um papo com a intérprete de Hermione. Só que ela não vai te responder.

Você pode se sentar e bater um papo com a intérprete de Hermione. O único problema é que ela não vai te responder.

Ah, e se você for leitor de “Sherlock Holmes”, a visita ao museu também será ainda mais interessante, já que ele fica na Baker Street. Apesar de o endereço do detetive ser fictício (a rua só ia até o número 85 no século XIX, não existia o número 221B), ao longo da rua é possível ver várias homenagens ao personagem, incluindo azulejos com a silhueta do personagem na estação de Baker Street, estátua interativa do detetive e lojinhas de souvenir.

Sobre o autor

Luiza Zanferdini

Luiza se apaixonou por "Harry Potter" aos seis anos de idade e desde então a série vem guiando vários acontecimentos de sua vida. Atualmente tenta aceitar o fato de que pessoas que não são seus professores vão ler o que ela tem a dizer.

  • Matheus Cesary Ludke

    Eu fui ano passado!!! Fui ate onde foi filmado o Caldeirão furado. Agora é uma ótica… mas da pra entrar, ver a porta certinho… A Warner Bros Tour é foda pra caralho. Acabei com meu dinheiro la.