Animais Fantásticos Os Crimes de Grindelwald

Yates defende permanência de Johnny Depp: “É um assunto encerrado”

Em uma cena do primeiro filme, Johnny Depp, como Grindelwald, é segurado por um auror em frente à presidenta Seraphina Picquery. Ele olha para ela com atenção e raiva.
Escrito por Igor Moretto

No começo de novembro de 2016, o mês no qual receberíamos o aguardadíssimo Animais Fantásticos e Onde Habitam, Gerardo Grindelwald teve seu intérprete anunciado, e fomos surpreendidos: um ator que tinha acabado de passar por uma polêmica pública envolvendo violência doméstica estava confirmado no elenco.

Já faz mais de um ano desde o anúncio da participação de Johnny Depp, e a primeira foto da sequência do filme, que deve chegar em menos de um ano, e, principalmente, o título, agiram como combustível para reacender uma nova onda de críticas e polêmicas que dividiram o fandom.

O diretor David Yates, em entrevista exclusiva à revista Entertainment Weekly, defendeu sua decisão de mantê-lo no elenco e discorreu sobre os recentes casos de abuso na indústria do entretenimento, correlacionando-as à questão de Depp.

Realmente, temos tido um problema ultimamente de muitas pessoas serem sendo acusadas de coisas; são acusadas por várias vítimas, e isso é persuasivo e assustador. Com Johnny, me parece que houve uma pessoa que tentou atingi-lo e o acusou de algo. Só posso lhes falar sobre o homem que vejo todos os dias: Ele é só decência e bondade e isso é tudo o que eu vejo. Qualquer que seja a acusação não condiz com o tipo de ser humano com quem eu trabalho.

Yates apontou que várias das mulheres que já se relacionaram com Depp foram a público defendê-lo, como Vanessa Paradis, Lori Anne e Winona Ryder — que disse que Depp “nunca foi abusivo, de forma alguma… apenas o conheço como um cara bom, carinhoso e afetuoso” ao longo do relacionamento deles de quatro anos.

Por testemunho, algumas das mulheres na vida [de Depp] disseram a mesma coisa — ‘isso não é o ser humano que conhecemos’. É muito diferente [dos casos] em que há diversas acusadoras ao longo de muitos anos que precisam ser examinados e precisamos refletir a nossa indústria, que permite que isso aconteça ano após ano. Johnny não está nessa categoria, de forma alguma. Então, para mim, não cabe mais análises. É um assunto encerrado.

Johnny Depp aparecerá como Gerardo Grindelwald em Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald, que tem estreia programada para o dia 15 de novembro do ano que vem no Brasil.

Sobre o autor

Igor Moretto

Igor já trabalhou como tradutor de conteúdo em diversos sites. Hoje, formado em Produção Audiovisual, procura alimentar o Animagos com novidades e é responsável pelo podcast mensal.

  • Pingback: Yates e Heyman falam novamente sobre a permanência de Depp em "Animais Fantásticos" - Animagos()

  • Gisele Oliveira

    chocho, capenga, manco, anêmico, frágil e inconsistente.

  • Audry Lunacy

    bom, diante disso, boas palavras, profissionalismo, relatividade… confesso que no fundo eu esperava por isso, nessa altura do campeonato…. agora, o rebanho que estavam pressionando para a expulsão dele, boicote do filme e etc, irão acusa lo de defender o depp. Se ele cometeu o crime, ele deve pagar por isso com a justiça, e não misturar com o filme. Agora, isso é pra vocês aprenderem que não somos nós que mandamos na produção do filme, se o pessoal por trás das cameras quisessem ele fora, isso ja teria acontecido há muito!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! simples.

  • Henrique Tavares

    *Nossa, enfim uma posição de alguém que a gente super respeita e admira, ufa, agora realmente encerrou o assunto!

    • Igor Moretto

      Hahahaha!