Animais Fantásticos

Yates e Heyman quebram o silêncio sobre Depp e falam sobre a volta de Ezra Miller

Escrito por Renato Delgado

Ao longo de uma entrevista com o diretor David Yates e o produtor David Heyman, o site The Leaky Cauldron pôde conversar sobre vários assuntos que estavam sendo mantidos em segredo até o momento. Em especial, a sequência de Animais Fantásticos e Onde Habitam (e os personagens que voltarão) e o recente anúncio de que Johnny Depp estará no filme.

jared-harris

Jared Harris

Apesar de já ter sido confirmado que o personagem Dumbledore estará presente no próximo filme da série, até o momento o ator não foi escolhido. Yates contou: “No segundo filme, Dumbledore volta. Há várias cenas boas dele com Newt. Só precisamos descobrir quem vai interpretá-lo”. Em seguida, ele pede algumas sugestões para a entrevistadora, que menciona Jared Harris, filho de Richard Harris (Dumbledore nos primeiros dois filmes de “Harry Potter”), como o grande favorito dos fãs, mas, principalmente, recomenda que escolham alguém alto. Ele só confirmou que não será Michael Gambon: “Não, não vai ser Michael Gambon. Não, precisamos de um Dumbledore mais jovem. Mas Jared Harris é um bom ator”.

Assim como vamos ver personagens britânicos de volta, Animais Fantásticos 2 também vai voltar ao berço da série, a Europa, mas desta vez, será Paris, principalmente, o grande palco do longa. Yates disse:

Sim, está confirmado! Voltamos ao Reino Unido no segundo filme também – para o Reino Unido e Paris. Não sei onde Jo vai ambientar o resto dos filmes, mas serão eurocêntricos. Acho que será difícil ignorar os Estados Unidos, mas o próximo é predominantemente europeu.

paris-vintage

Embora o personagem Grindelwald seja fundamental no segundo filme, ele já aparece no primeiro e, após essa entrevista, podemos dizer com certeza que seu intérprete é Johnny Depp. O diretor afirma que filmaram a cena em que ele aparece muito antes do anúncio e ficaram impressionados pela informação não ter vazado antes.

Foi maluco. Eu estava convencido de que seria vazado. Dá para manter poucos segredos hoje em dia, especialmente com algo do tipo! Quando ele veio a Leavesden e filmamos por dois dias… e não vazou. Isso é maluco.

Depp esteve envolvido no começo do ano com uma denúncia de violência doméstica de sua ex-esposa Ambie Heard. Yates explica por que escolheram o ator:

O que mais queríamos nos atores que fossem escolhidos para o filme era que fossem os melhores. Escolher o mais inspirado, interessante, que combinasse bem com o personagem. E quando começamos a abordar Grindelwald, pensamos: “Quem vai levar isto a uma direção interessante?” Nesta indústria, antiga e estranha, você é brilhante em uma semana, mas aí as pessoas dizem coisas estranhas de você na próxima, você sobe e desce. Mas ninguém tira seu talento puro. Johnny Depp é um verdadeiro artista. Ele criou vários personagens que, de fato, ecoaram na nossa cultura popular. Ele é um ator realmente brilhante. Estávamos empolgados para ver o que ele faria com este cara, com este personagem. Ele é destemido, é criativo, é ambicioso. Pensamos que ele faria algo divertido e especial. Então fomos a ele, puramente baseados nesse nosso egoísmo. Não me importávamos se ele era famoso ou não, sabíamos apenas que ele era interessante.

Heyman acrescenta: “Grindelwald é um personagem icônico, então foi importante ter alguém que tivesse esse peso. Existe uma razão para ele ter esse peso. É porque ele é um ótimo ator que faz escolhas inesperadas”. A repórter, então, perguntou que relação terá o título do filme, que supostamente seria uma série focada nos animais fantásticos, com essa história que será contada de Grindelwald. Yates comenta:

No momento, as criaturas estão um pouco menos no segundo filme e Grindelwald toma um primeiro plano. No momento. Mas amamos muito as criaturas. Há uma criatura incrível no segundo filme; uma criatura chinesa, até. Estamos explorando como podemos levar mais algumas criaturas no segundo filme com Jo.

Heyman completa, fazendo uma análise filosófica sobre o tema:

De certa maneira, as criaturas são as criaturas na maleta. Mas também são as criaturas em cada um de nós. Acho que as criaturas continuam a ter um papel, em certo ponto. Também faz muito parte do que a Jo escreve. São as consequências da repressão.

Um dos grandes temas da série “Harry Potter” é o lugar da criança na sociedade. Quando questionados sobre esse tema em Animais Fantásticos e Onde Habitam, Yates contou:

O que acho muito poderoso em seu trabalho é que [Jo] não tem medo de levar crianças a lugares sombrios. Ela não tem medo de contar histórias que meio que exploram o quão assustador o mundo pode ser. Tínhamos medo no começo do processo: “As crianças vão curtir este filme?”, porque ele tem umas ideias meio sombrias. Mas Jo sempre fez isso, ela sempre foi entusiasmada em lidar com a morte e com a perda e os personagens que são corrosivos e perigosos. Acho que isso vai continuar. Acho que mesmo um público mais jovem será capaz de se relacionar com esta história e lidar com temas de adultos e ser introduzido a esses temas de adultos.

quarteto

Para Heyman, Newt, Tina, Queenie e Jacob são adultos com características infantis:

De certa maneira, acho que esses quatro personagens têm certas qualidades infantis. Há uma inocência, como crianças crescidas… em relação à escuridão. Primeiro: a escuridão não é tão sombria. Dois: a escuridão é um constante na literatura infantil clássica. Sabe, se você olhar os contos de fada dos Irmãos Grimm, Roald Dahl, eles quase eram histórias preparatórias, preparando criancinhas para os desafios da vida. De fato, as crianças, como vemos nos livros de “Potter” e qualquer coisa que produzi, são geralmente muito mais confiantes em irem para um lugar escuro. Eles gostam disso porque, quando são obrigados a se sentirem mais velhos, eles não se sentem condescendentes, e acho que isso é uma coisa positiva.

credence-pessoal

Heyman também confirmou nesse momento da entrevista que Modéstia (Faith Wood-Blagrove) não estará no próximo filme, embora Credence (Ezra Miller), seu irmão adotivo, estará:

Avançando, no próximo roteiro, Modéstia não está na próxima história. Mas Credence nós continuamos vendo. Ele se torna bem essencial, Credence é bastante fundamental.

O corte final do filme foi realizado há três semanas. Como de costume, diversas cenas foram retiradas da versão final, inclusive algumas prediletas de Yates, como uma cena “adorável” em que Jacob é “derrubado” por sua namorada. Ele conta:

É uma cena muito bonita e estará nos extras. É incrível, todas as cenas funcionam muito bem sozinhas, individualmente, mas quando quisemos que elas… Eu estava assistindo-as com Mark, meu editor, outra semana, e pensei: “Por que tiramos isso? É ótimo!”, mas, no contexto, não fazia muito sentido. Não tinha o ímpeto que precisava ter.

Heyman ressaltou a quantidade de cenas removidas: “Há bastante. Temos mais cenas deletadas neste do que tivemos em qualquer filme de ‘Potter'”. O “Quero ser um bruxo”, de Jacob, por exemplo, que apareceu em trailers e comerciais de TV, não sobreviveu ao corte final. Yates explicou o contexto da cena:

É uma ótima cena. Alison e Katherine cantam uma música sobre sua antiga escola, Ilvermorny. Pedi para que Alison a compusesse, porque Alison é uma grande compositora. Então ela escreveu uma canção linda, e aí se levantam e a cantam juntas. Os garotos assistem e, enquanto os garotos estão assistindo, eles se apaixonam vagarosamente. É bem bonito. Francamente, é minha cena favorita em todo o filme. Mas o impulso da história estava começando a ser arrastado um pouco. Mas ela estará nos extras do DVD.

Yates fala também da liberdade em não trabalhar a partir de um livro:

Quando se está adaptando algo, sempre existe um eco, em uma maneira estranha. Nunca será tão imersivo quanto você quer que seja como quando você abre o livro. Mas como filme, é uma forma diferente.

Ao longo da entrevista, Heyman comentou que a magia das criaturas está em David Yates querer que elas tenham uma raiz no mundo real:

O mundo real é tão extraordinário quanto qualquer coisa que você puder inventar.

Animais Fantásticos e Onde Habitam será lançado no dia 17 deste mês!

Sobre o autor

Renato Delgado

Corvinal de coração, Renato se envolve com sites de "Harry Potter" há mais de dez anos e ainda não se cansou deles! Formado em Letras e quase mestre em Linguística, trabalha com revisão de textos e tradução de filmes e séries de TV.

  • Helber Lessa

    Bom, então é torcer para que seja o papel que vai reerguer a carreira dele e diminuir a acusação de fazer sempre o mesmo papel nos últimos anos…Pq ou é isso ou é Jack Grindelwald.

    • Junyander Oliveira

      Boa! hahaha

  • Henrique Tavares

    “De certa maneira, as criaturas são as criaturas na maleta. Mas também são as criaturas em cada um de nós.”

    O cara realmente defendeu os animais ficarem em segundo plano dizendo que os seres humanos também são animais fantásticos?

    • Junyander Oliveira

      Essa foi REALMENTE PÉSSIMA. Acho que eles têm que admitir o quanto antes a cagada que fizeram em dar um cavalinho-de-pau no rumo da história!

  • Rosane

    Não acredito que a cena ‘quero ser um bruxo” foi cortada da versão final do filme!!!! aaff –‘

    • Junyander Oliveira

      Meu coração está em pedaços…

  • Gisele Oliveira

    Eu não consigo enxergar como o Depp vai dar cara pro Grindelwald, pra mim os dois não tem nada a ver. Além disso, muitas vezes acho que o Depp é superestimado. Também tem o fato dele passar a ser idolatrado (de novo) atuando num filme tão popular depois de passar por acusações seríssimas, mas enfim…
    Se os próximos filmes serão “eurocêntricos” então pode esquecer aquela teoria de que o quarto se passaria no Brasil né, que pena.