Animais Fantásticos Os Crimes de Grindelwald

Trailer de Os Crimes de Grindelwald da Comic Con acessível para pessoas com deficiência visual

Em uma cena do trailer, Dumbledore vê seu reflexo no espelho de Ojesed.
Escrito por Igor Moretto

A internet está cada vez mais visual. No Facebook, cada dia mais as imagens ganham mais destaque. Aqui no Animagos, fazemos de tudo para tornar o site cada vez mais acessível para pessoas com deficiência visual, tentando diminuir um pouco essa barreira que existe entre o conteúdo e quem o consome.

Por isso, hoje trazemos a descrição do trailer da Comic Con de Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald! Essa foi uma iniciativa do nosso amigo Sidney Andrade em seu perfil no Facebook quando o primeiro trailer foi divulgado, e decidimos continuar com esse.

Se você tiver algum comentário sobre a descrição ou acha que devemos incluir algum detalhe no texto, deixe um comentário! Não se esqueça de compartilhar esse post com algum amigo que tenha alguma deficiência visual para que ele possa curtir o trailer também!

CENA 1 – ARREDORES DE HOGWARTS – DIA

A câmera sobe um morro e revela uma visão panorâmica de Hogwarts.

CENA 2 – CORREDOR DE HOGWARTS – DIA

Um homem de cabelos castanhos e barba caminha de costas para a câmera.

JOVEM NEWT (VOICE OVER): “Estou com medo, professor Dumbledore.”

CENA 3 – SALA DE AULA DE DEFESA CONTRA AS ARTES DAS TREVAS – DIA

Alunos de diversas casas se posicionam em uma fila indiana e Dumbledore observa, sentado em uma escrivaninha no canto da sala.

DUMBLEDORE (VOICE OVER): “Todo mundo tem medo de alguma coisa.”

Uma garota da lufa-lufa que está na frente da fila aponta sua varinha pra frente.

GAROTA: “Riddiculus!”

Ao transformar seu bicho-papão, os outros alunos aplaudem.

Dumbledore se levanta e se dirige a Newt, empurrando o garoto para a frente da fila.

DUMBLEDORE: “Newt, você é o próximo.”

O bicho-papão se transforma em uma escrivaninha com uma máquina de escrever e vários papéis.

DUMBLEDORE: “Este é incomum. O que o Sr. Scamander teme acima de tudo é…?”

JOVEM NEWT: “Ter que trabalhar num escritório, senhor.”

Dumbledore sorri. Os outros alunos da fila gargalham, menos uma garota da sonserina que está logo atrás de Newt.

DUMBLEDORE: “Prossiga, Newt.”

NEWT (apontando sua varinha pro bicho-papão): “Riddikulus!”

CENA 4 – LETREIRO

Aparece o logotipo da Warner Bros. Pictures, seguido do logo do Wizarding World. Eles se desfazem em fumaça.

CENA 5 – RUA DE PARIS – NOITE

Em frente a uma escultura de uma mulher que se movimenta graciosamente, Tina Goldstein observa sua volta.

HOMEM (VOICE OVER): “A magia floresce somente em almas raras.”

CENA 6 – BASTIDORES DO CIRCO

Uma mulher aparece saindo da escuridão dos bastidores do circo e indo em direção ao picadeiro.

CENA 7 – LADO DE FORA DO CIRCO EM UMA RUA DE PARIS – NOITE

Um palhaço segura um arco, e uma criança pula dentro dele. Ao sair pelo outro lado, a criança flutua dentro de uma bolha de sabão gigante. Num plano geral do exterior do circo, vemos mais crianças flutuando nas bolhas e a entrada do circo, com pôsteres das criaturas e uma multidão de gente.

CENA 8 – BECO DE NOVA YORK – NOITE

Credence parece estar disfarçado, usando roupas escuras e uma boina. Ele observa um poster com as atrações do circo.

HOMEM: (VOICE OVER): “Contudo, temos que nos esconder nas sombras.”

CENA 9 – RUA DE LONDRES – NOITE

Dumbledore e Newt desembarcam de um ônibus e desaparatam. O professor usa seu desiluminador para apagar as luminárias dos postes da rua.

CENA 10 – PRISÃO DO MACUSA

Diversos aurores escoltam um homem de cabelos e barba branca pelos corredores da prisão. Ele flutua, aparentemente sob um feitiço que o segura numa posição estranha. Em todas as celas há outros presos.

CENA 11 – APARTAMENTO – NOITE

Newt observa pedaços de papel picado se unindo. Eles formam um cartão postal de Paris com uma foto panorâmica da Torre Eiffel.

CENA 12 – ANFITEATRO

Com alguns túmulos medievais nos arredores das pessoas, Grindelwald aparece falando para o público, de costas. Ele está com uma mulher, Vinda Rosier, que segura uma esfera luminosa nas mãos.

GRINDELWALD (falando para o público): “Mas os métodos antigos não nos servem mais.”

CENA 13 – LETREIRO

“Da roteirista J.K. Rowling” aparece, no mesmo estilo dos logos do letreiro anterior.

CENA 14 – TOPO DE UM PRÉDIO EM PARIS – DIA

Uma mulher observa alguma coisa nos ares de Paris. Ao fundo, a Torre Eiffel.

CENA 15 – RUA DE PARIS – DIA

Queenie parece preocupada observando a rua em sua frente. Um pano negro flutua pela cidade, cobrindo os prédios. Newt protege Tina, que observa o pano aparentemente sem saber o que fazer.

HOMEM (VOICE OVER): “Você ouviu os rumores, suponho. Grindelwald teve uma visão…”

CENA 16 – APARTAMENTO DESCONHECIDO 2

Grindelwald olha para o alto, onde enxerga o rosto de Credence, esmaecido como numa visão. Ele estende sua mão esquerda para o lado.

CENA 17 – RUA DESCONHECIDA – DIA

Em primeiro plano, dois homens carregam uma caixa preta. Atrás, outros dois fazem a mesma coisa, mas um deles já conhecemos. É Abernathy, o supervisor de Queenie e Tina no MACUSA.

CENA 18 – SALA DESCONHECIDA

Abernathy está em uma sala cheia de prateleiras brancas, e nas prateleiras há caixas ornamentadas e coloridas.

HOMEM (continuação do VOICE OVER) “…de que ele exerceria domínio sobre o mundo bruxo.”

CENA 19 – LUGAR DESCONHECIDO – DIA

Vinda Rosier aparece em primeiro plano olhando, desconfiada, para um homem que está desfocado às suas costas. O homem está cabisbaixo, se apoiando em um corrimão de pedra.

CENA 20 – RUA DE PARIS – DIA

Credence e a mulher maledictus passeiam, de cabeça baixa, por uma rua cheia de gaiolas e pessoas.

CENA 21 – ÁTRIO DO MINISTÉRIO FRANCÊS DE MAGIA – DIA

Uma senhora caminha e três criaturas que parecem gatos – só que sem pelos e com a pele negra e olhos completamente azuis e brilhantes – a acompanham.

CENA 22 – SALA DO MINISTÉRIO DA MAGIA BRIT NICO

Newt conversa com alguém, sentado em frente a uma porta negra.

NEWT: “Então quer minha ajuda para caçá-lo?”

CENA 23 – RUA DE LONDRES EM FRENTE À CATEDRAL DE SAINT PAUL – DIA

Uma luva de couro desincorporada e flutuante aponta para o topo da catedral, onde um homem acena com o braço direito. É Dumbledore. Newt alcança a luva e desaparata. Logo em seguida, aparece no topo da igreja também.

CENA 24 – SALA ESCURA – NOITE

Dumbledore observa seu reflexo no espelho de ojesed. A seu lado, o busto de Grindelwald o encara.

DUMBLEDORE (VOICE OVER): “Não posso agir contra Grindelwald.”

CENA 25 – RUA DE LONDRES – NOITE

Newt e Dumbledore conversam em cima de uma ponte. O magizoologista segura alguma coisa que tem o mesmo formato e tamanho de uma carta de baralho. Nesse artefato, há um símbolo reluzente.

DUMBLEDORE: “Tem que ser você.”

Newt o encara, incrédulo.

DUMBLEDORE: “Em seu lugar, eu também recusaria.”

O professor retira o artefato da mão de Newt e sorri.

DUMBLEDORE: “É tarde. Boa noite, Newt.”

Dumbledore desaparata, e Newt ri, frustrado.

NEWT: “Ah, por favor!”

CENA 26 – LETREIRO

“Em novembro.”

CENA 27 – SALÃO DE FESTAS

Leta Lestrange caminha em meio a várias pessoas bem vestidas. Ela assiste uma mulher dançar no meio do salão. Do outro lado do salão, Teseu Scamander a observa.

CENA 28 – RUA DE PARIS – DIA

Newt joga sua maleta no chão de paralelepípedos. Ela se abre e, de dentro, sai o pelúcio, cheio de moedas na bolsa em sua barriga.

HOMEM (VOICE OVER): “Você subestima seus talentos, Sr. Scamander.”

CENA 29 – EMBAIXO D’ÁGUA

Newt monta um cavalo-do-lago que viaja em alta velocidade.

CENA 30 – LUGAR DESCONHECIDO (TALVEZ A CASA DE NEWT)

Bunty, a secretária de Newt, puxa uma alavanca e o lugar se enche de água. Na água, é possível vislumbrar o cavalo-do-lago.

CENA 31 – LETREIRO

“O destino de um…”

CENA 32 – RUA – DIA

Grindelwald caminha por uma rua desconhecida. Ele observa tudo com interesse.

HOMEM (VOICE OVER): “A arrogância deles é a chave para a nossa vitória.”

CENA 33 – SALA DESCONHECIDA

Jacob adentra a mesma sala com várias prateleiras onde antes estava Abernathy.

CENA 34 – CEMITÉRIO EM PARIS – NOITE

Várias pessoas, possivelmente aurores, andam pelos corredores de túmulos de um cemitério. À frente, está Teseu Scamander.

CENA 35 – TELHADO EM PARIS – DIA

Credence tem a mão estendida, e uma fumaça preta sai dela em direção ao céu, enquanto a mulher maledictus se levanta e observa a fumaça.

CENA 36 – LETREIRO

“…o futuro de todos.”

CENA 37 – ANFITEATRO

Com os aurores e Teseu observando, várias pessoas somem, em uma coluna de fumaça negra, do anfiteatro.

CENA 38 – HOGWARTS – DIA

Dumbledore olha, com expressão de preocupação, pela janela.

CENA 39 – APARTAMENTO DESCONHECIDO 2

Grindelwald sorri, caminhando.

HOMEM (VOICE OVER): “Trouxas não são inferiores.”

CENA 40 – LUGAR DESCONHECIDO (TALVEZ A CASA DE NEWT)

Jacob se assusta com um pássaro com penas verde e azul. O pássaro observa o trouxa.

CENA 41 – ÁTRIO DO MINISTÉRIO FRANCÊS DE MAGIA – DIA

Leta Lestrange observa várias prateleiras marrom que dançam em sua frente, e que têm várias gavetas numeradas. Em uma das prateleiras dançantes estão Newt e Tina, que alcançam a bruxa e a ajudam a subir.

CENA 42 – CEMITÉRIO EM PARIS – NOITE

Jacob olha pro céu, onde vê uma bola de fogo azul. De dentro da bola de fogo, é possível notar uma cabeça de uma criatura parecida com um dragão. Tina corre em sua direção, para protegê-lo.

HOMEM (VOICE OVER): “Não são descartáveis.”

CENA 43 – RUA – DIA

Queenie está ajoelhada no chão de uma rua. Chove muito, e a bruxa parece estar ouvindo vozes. Ela tampa os ouvidos com as mãos e presta bastante atenção.

CENA 44 – CEMITÉRIO EM PARIS – NOITE

Newt, Teseu, Tina e outros aurores lançam feitiços na criatura de fogo azul no céu, que recua.

CENA 45 – RUA – NOITE

Newt observa alguma coisa aparentemente assustadora. Em segundo plano, várias pessoas correm, amedrontadas.

CENA 46 – RUA – NOITE

Newt atrai uma gigantesca criatura peluda e com um rabo maior que seu próprio corpo para sua maleta. A criatura olha com interesse para algo que Newt levita com sua varinha. A criatura, um Zouwu, rosna para a rua, mostrando os dentes.

CENA 47 – LUGAR DESCONHECIDO 3

Newt olha para Leta, que está com o cabelo solto e expressa tristeza.

LETA: “Você é bom demais, Newt. Não houve um monstro que você não amasse.”

CENA 48 – APARTAMENTO DESCONHECIDO 3 – DIA

Grimmson, um homem de meia idade e com roupas escuras, observa vários móveis do apartamento flutuando. Ele está assustado.

CENA 49 – APARTAMENTO DESCONHECIDO 2

Credence aparece com medo e raiva.

NEWT (VOICE OVER): “Credence!”

CENA 48 – APARTAMENTO DESCONHECIDO 3 – DIA

Alguém (provavelmente Credence) implode e explode o prédio em que Grimmson está.

CENA 49 – CÉU DE NOVA YORK – NOITE

Uma carruagem levada por testrálhos voa em meio a chuva.

CENA 50 – RUA DE NOVA YORK – NOITE

Grindelwald, sentado na mesma carruagem, chicoteia os testrálhos que a levam. Ele aponta a varinha para trás e lança um feitiço.

CENA 51 – CÉU DE NOVA YORK – NOITE

A carruagem voa entre as nuvens e é perseguida por pessoas em vassouras. Do topo de um prédio, Grindelwald observa, com a varinha das varinhas em punho.

CENA 52 – ANFITEATRO

GRINDELWALD (VOICE OVER): “Sr. Scamander!”

Newt e Teseu observam Grindelwald no centro do anfiteatro, que está envolto em chamas azuis.

GRINDELWALD: “Acha que Dumbledore vai chorar sua morte?”

O bruxo das trevas lança um feitiço na direção dos irmãos.

CENA 53 – LETREIRO

No céu tempestuoso, o símbolo das relíquias da morte aparece em fumaça. A câmera entra no fumaça e revela o título do filme: “Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald”.

CENA 54 – LABORATÓRIO/CASA DE NICOLAU FLAMEL – DIA

Um homem muito velho, de cabelos brancos e vestindo vestes de bruxo, se aproxima de Jacob Kowalski pelas suas costas. Jacob se vira para encará-lo.

JACOB: “Você é… um fantasma?”

FLAMEL (se aproximando): “Não. Eu estou vivo…”

Newt observa, distante.

FLAMEL (continuando): “…mas sou alquimista e, portanto, imortal.”

Jacob, boquiaberto, olha de cima abaixo o velho.

JACOB: “Oh…”

FLAMEL (estendendo a mão para Jacob): “Nicolau Flamel.”

JACOB (sorrindo): “Jacob Kowalski.”

Jacob aperta a mão do alquimista, que estala e assusta o trouxa. Flamel expressa dor, enquanto Jacob se desculpa.

JACOB (engolindo à seco): “Não parece ter mais que 375 anos.”

CENA 55 – LETREIRO

“15/11/18 – assista em 2D, 3D ou outros formatos”.

Sobre o autor

Igor Moretto

Igor já trabalhou como tradutor de conteúdo em diversos sites. Hoje, formado em Produção Audiovisual, procura alimentar o Animagos com novidades e é responsável pelo podcast mensal.