J.K. Rowling

O que significa a nova capa do Twitter da J.K. Rowling?

As três cartas da capa do Twitter da Rowling dispostas lado a lado. A descrição das imagens está nas imagens individuais no post.
Escrito por Igor Moretto

No dia 24 de novembro, a autora J.K. Rowling fez uma alteração no seu perfil do Twitter: mudou a imagem que aparece na capa. Segundo a autora, a capa de seu Twitter é sempre uma alusão ao que ela está escrevendo naquele momento. Mas o que a nova capa mostra?

Capa do twitter da Rowling. É uma foto das três cartas, estando a primeira de ponta cabeça. A descrição de cada carta se encontra nas imagens inseridas individualmente no texto.

Acima você vê a capa. Ela mostra três cartas do baralho de tarô de Aleister Crowley, famoso ocultista da primeira metade do século passado. A primeira carta é a Ás de Espadas, a segunda é a do décimo terceiro Arcano Maior, a Morte; e a terceira é a Dois de Copas.

O Tarô de Thoth

“O tarô poderia ser descrito como o Livro Ilustrado de Deus, ou comparado a uma partida celestial de xadrez, os Triunfos sendo as peças, mexidas de acordo com as suas próprias ordens sobre um tabuleiro xadrez dos quatro elementos.”

A frase acima é da ilustradora do Tarô de Thoth, Lady Frieda Harris, que ajudou Crowley na concepção do baralho. A ideia inicial dos dois era corrigir e atualizar o tarô clássico medieval e dar a ele um aspecto mais esotérico. Foram incorporadas as descobertas recentes da ciência da época, matemática, filosofia e antropologia.

Lendo as cartas

Existe uma forma específica de se ler o Tarô de Thoth que inclui 15 cartas, mas também é possível interpretar as três cartas principais separadamente. Ou Rowling utilizou o tarô de Crowley apenas ilustrativamente, ou ela considerou apenas as cartas principais. De qualquer modo, veja abaixo como se lê a sequência.

Três retângulos lado a lado. Eles estão numerados 2, 1 e 3.

A carta do meio é a carta 1, e ela representa o consultante e a natureza do problema e influências principais. É um Arcano Maior, que indica o momento da vida que se está passando e seus obstáculos a serem vencidos.

A carta da esquerda é a carta 2, e a da direita é a carta 3. Essas cartas, junto com a carta 1, são as cartas chave que descrevem a natureza da situação e a personalidade do consultante.

A carta da Morte. Na ilustração, há uma caveira contorcida como se corresse pelo cenário. Ela segura o cabo de sua foice. Sobre o crânio, há um chapéu ou coroa preta. Na base da ilustração há um escorpião que segura flores em suas garras e uma cobra, que se enrola em um peixe. No cenário atrás da caveira, há formas que parecem pessoas flutuando dentro de círculos. Os círculos são interligados por fios negros e simétricos. No topo da ilustração há um pássaro com as asas abertas, e ele está ligado aos fios e círculos.

A carta 1 é a Morte. Ela simboliza, de forma geral, a mudança, o renascimento, o recomeço e o desprendimento de padrões na vida que fazem mal. Significa confrontar-se através de uma reflexão, para identificar o que não te serve mais na vida e dar lugar ao novo. É uma carta que pede mudança, para que não se fique preso em maus hábitos e dá a motivação para se tornar alguém melhor.

A carta de Ás de Espadas. A ilustração presente nela é de uma espada verde. Ela está com a lâmina apontada para cima e, na ponta dela há uma coroa que parece emanar luz. No fundo, um sol se põe ou nasce num céu amarelo que está envolto por nuvens azuis e brancas.

 

A carta 2 é o Ás de Espadas. Por definição, todos o Ás no tarô trazem uma energia de início, um novo começo. Por ser de espadas, representa a intelectualidade, a sede de conhecimento, a razão e o esclarecimento. Ela encoraja a compreensão e a tomada de decisão racional, inteligente e com clareza. No aspecto do plano de consciência, significa um passo decisivo para o autoconhecimento e o esclarecimento de mal-entendidos amorosos.

A carta de dois de copas. A ilustração é de uma fonte de jardim numa piscina de água. A estrutura principal tem uma flor de lótus na base e no topo. No caule que conecta as flores, há dois peixes entrelaçados e de cabeça para baixo. Eles jorram água pela boca. A água que sai da flor cai e enche dois cálices dourados que ficam na parte de baixo da carta. Eles flutuam sobre a água da piscina e transbordam seu conteúdo nela.

 

A carta 3 é o Dois de Copas, e ela é a celebração do amor. Fala do encontro da “cara metade”, de alguém que está sintonizado na mesma frequência, de reconciliação e encontros prazerosos. A junção das duas almas que existem dentro de si. É uma carta que encoraja a ligação para com os outros de forma afetuosa, seja numa relação amorosa ou numa grande amizade.

Conclusão

A interpretação das cartas é um processo complexo, e é sempre importante conhecer o consultante e suas perguntas. Como a imagem nos foi apresentada sem muito contexto, a gente só pode especular sobre quem elas falam e sobre o quê.

É curioso que haja duas cartas de recomeço. A primeira, a Morte, seria o recomeço mais pessoal/espiritual; e a segunda, o Ás de Espadas, do início de uma nova jornada, no geral. Alvo Dumbledore está passando por esse momento em Animais Fantásticos. Ele precisa se desvencilhar de sua antiga paixão para conseguir recomeçar. A Robin, em Cormoran Strike, também está num momento de rompimento e recomeço.

Você tem algum palpite sobre quem e o quê as cartas falam? Deixe o seu comentário!

Este artigo foi escrito com a ajuda de Laryssa Machado.

Sobre o autor

Igor Moretto

Igor já trabalhou como tradutor de conteúdo em diversos sites. Hoje, formado em Produção Audiovisual, procura alimentar o Animagos com novidades e é responsável pelo podcast mensal.