Harry Potter

Harry Potter ganhará jogo de realidade aumentada em 2018?

Escrito por Renato Delgado

De acordo com uma notícia veiculada pelo site Tech Crunch, a Niantic se juntou à Warner Bros. Interactive para lançar em 2018 um jogo de realidade aumentada baseado na série “Harry Potter”.

O projeto se chamaria Harry Potter: Wizards Unite (Harry Potter: Bruxos Unidos, em tradução literal) e deve seguir os moldes de Pokémon Go e Ingress, outros títulos da desenvolvedora. Até agora, pouco sabemos a respeito desse jogo, mas nele o usuário terá a possibilidade de lançar feitiços, participar de aventuras e encontrar criaturas fantásticas.

A notícia traz ainda a informação de que uma nova divisão de jogos na Warner Bros. Interactive foi criada para o desenvolvimento de jogos inspirados em “Harry Potter”: a Portkey Games (portkey é o termo para “chave de portal” em inglês). Isso pode dar abertura para ainda mais títulos baseados na série.

Apesar de, no momento, essa informação parecer boa demais para ser verdade, existem alguns indícios que a comprovam. Tudo começou com um tweet de um jornalista do Metro News, periódico canadense que, até o momento, não publicou nenhuma notícia sobre a informação. Em resposta ao tweet, que está logo abaixo, Kris Abel diz que soube dessa notícia diretamente pelas empresas responsáveis.

O próximo jogo dos criadores de Pokémon Go será Harry Potter: Wizards Unite, um jogo de Realidade Aumentada com feitiços, aventuras e criaturas lendárias em 2018.

Com o lançamento de Animais Fantásticos 2 no próximo ano, é possível que a Warner tenha interesse, sim, em um jogo de “Harry Potter” que tenha algum foco nas criaturas fantásticas.

Além disso, um dos diretores técnicos da Niantic, Phil Keslin, disse há alguns meses ao mesmo Tech Crunch que o próximo jogo da desenvolvedora poderia incorporar elementos auditivos, o que seria necessário para o jogador lançar feitiços. Na ocasião, Keslin não quis falar muito sobre o novo jogo, mas confirmou que estava em desenvolvimento e que talvez poderíamos jogá-lo já no próximo ano. A respeito de elementos auditivos em jogos de realidade aumentada, ele declarou:

Acho que áudio é importante. É um de nossos sentidos. É uma das coisas que realmente nos move. Quero buscar formas de incorporar áudio em títulos futuros. A realidade aumentada não é apenas visual.

Até o final do ano passado, um jogo com uma proposta bem parecida esteve em financiamento coletivo na Indiegogo e conseguiu todo o dinheiro necessário para a sua produção, o Maguss: The Mobile Multiplayer Spell Casting Game. Veja o trailer para ter um gostinho do futuro (quem sabe?) Wizards Unite:

Assim que tivermos mais informações a respeito desse jogo, seja confirmando ou negando sua veracidade, postaremos aqui no site!

Sobre o autor

Renato Delgado

Corvinal de coração, Renato se envolve com sites de "Harry Potter" há mais de dez anos e ainda não se cansou deles! Formado em Letras e quase mestre em Linguística, trabalha com revisão de textos e tradução de filmes e séries de TV.